Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Chapecoense vence 1ª após 4 jogos e complica Sport na despedida de Oswaldo

    Chapecoense goleia Sport Recife, na abertura da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016 - foto: Giba Pace Thomaz/Chapecoense
    Chapecoense goleia Sport, na abertura da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016 - foto: Giba Pace Thomaz/Chapecoense

    A Chapecoense encerrou uma incômoda série de quatro jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro ao derrotar na manhã desta quarta-feira (12) o Sport na Arena Condá, em confronto válido pela 30ª rodada da competição. Os catarinenses venceram a partida de despedida de Oswaldo de Oliveira no comando do clube pernambucano por 3 a 0, com gols de William Thiego, Ananias e Kempes.

    O resultado leva a Chapecoense à décima colocação do Brasileiro, com 41 pontos, e tranquiliza os catarinenses em relação às chances de rebaixamento, já que a distância para o Internacional aumentou para oito pontos. O Sport, por outro lado, fica com 34 pontos e pode ser ultrapassado pelos gaúchos no complemento da rodada.

    O jogo

    Um ponto mais próximo da zona de rebaixamento do que do G-6, a Chapecoense necessitava da vitória para espantar qualquer preocupação no Brasileiro. Apesar disso, a equipe treinada por Caio Júnior optou por uma postura mais conservadora, preferindo contragolpes a jogadas trabalhadas mesmo jogando diante do seu torcedor.

    O primeiro gol veio na bola parada, com William Thiego após cobrança de escanteio de Cleber Santana no finzinho da etapa inicial.

    Mais solto depois de abrir o placar, o time da casa partiu para cima do Sport após o intervalo com eficiência, ampliando aos 11 min com Ananias, que se antecipou à marcação e desviou cruzamento de Alan Ruschel para as redes.

    Kempes definiu o marcador aos 44 min, quando a Chapecoense tinha um homem a mais em campo.

    Oswaldo de Oliveira colocou seu time para frente na Arena Condá, atitude que deu resultado. Os pernambucanos trabalharam bem as jogadas de frente e criaram boas chances contra o gol de Danilo, porém pecaram na retaguarda no início de jogadas, tomando contragolpes perigosos, e também marcando mal em lances de bola parada, como o que resultou no gol da Chapecoense no primeiro tempo.

    Com a saída de Diego Souza no segundo tempo, o Sport teve uma queda sensível de rendimento e sofreu o segundo gol em nova falha defensiva, dessa vez de Rodney Wallace. O clube pernambucano ainda perdeu Gabriel Xavier na etapa complementar, após o meia acertar o zagueiro Neto com uma cotovelada na entrada da área.

    Chapecoense
    Danilo, Gimenez, Neto, William Thiego, Dener, Biteco, Sérgio Manoel, Cleber Santana (Lucas Gomes), Alan Ruschel (Arthur Maia), Kempes e Ananias (Hyoran)
    T.: Caio Júnior

    Sport
    Magrão, Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Rodney Wallace; Rithely, Paulo Roberto, Gabriel Xavier, Diego Souza (Vinicius Araújo) e Everton Felipe (Apodi); Rogério (Edmilson)
    T.: Oswaldo de Oliveira

    Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)
    Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
    Gols: William Thiego (C), aos 44 min do 1º tempo; Ananias (C), aos 11 min do 2º tempo; Kempes (C), aos 45 min do 2º tempo
    Renda/público: R$ 62.850,00 / 6.104 pagantes
    Cartões amarelos: Sérgio Manoel (C); Gabriel Xavier, Rogério (S)
    Cartão vermelho: Gabriel Xavier (S)

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados