Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Dirigentes de clubes do AM definem regulamento do estadual 2017

    Dirigentes de clubes da primeira divisão do AM, em reunião ocorrida na sede da FAF - foto: Ione Moreno

    Dirigentes dos seis clubes da primeira divisão do futebol amazonense participaram, na tarde desta terça-feira (10), na Sede da Federação Amazonense de Futebol (FAF), da reunião para confirmação da fórmula de disputa e regulamento de logística e arbitragem para o estadual 2017. Portanto, as discordâncias entre os representantes foram discutidas entre o fim da tarde e o início da noite.

    Os cartolas Luis Mitoso (Manaus FC), Mozart Santos (São Raimundo), Roberto Peggy (Nacional), Raimundo Benarrós (Fast), Modesto Alexandre (Princesa do Solimões) e Tales Verçosa (Rio Negro) participaram da reunião dirigida pelo presidente da Federação Amazonense de Futebol (FAF), Dissica Valério Tomaz, pelo diretor de competições da entidade, Ivan Guimarães, e pelo ouvidor da FAF, Antônio Policarpo.

    Após três horas de discordância entre os dirigentes, a fim de decisões sobre despesas com arbitragem e fórmula de disputa de competição, vários jornalistas aguardaram a decisão final sobre como será o campeonato em 2017. Foram aprovados treze estatutos específicos para competição. Questões financeiras e logísticas serão definidas em novo encontro no próximo dia 17.

    A tabela da competição com datas, horário e local dos jogos será divulgada no próximo dia 18 de março. Data que separa dois meses da primeira rodada do certame. Neste caso, a FAF está amparada pelo estatuto do torcedor, que exige a divulgação da tabela no mínimo 60 dias antes de seu início.

    Regulamento

    A competição será disputada com fórmula de disputa semelhante da temporada anterior. Na primeira fase jogos de ida e volta entre as seis equipes que já estão na elite e mais o campeão e vice da Série B 2017. Os quatro melhores classificados jogarão as semifinais e finais em ida e volta na Arena da Amazônia.

    “Não tivemos outra escolha. Nós estamos encaixando com o calendário da CBF. A entidade nos recomendou e acatamos esta fórmula de disputa. Até porque é preciso aguardar os classificados da Série B. Este ano serão duas finais na Arena da Amazônia”, afirmou o ouvidor Antônio Policarpo.

    Últimos campeões

    O Fast foi campeão em 2016 após 42 anos de jejum. O Nacional venceu em 2014/2015. O Princesa do Solimões conquistou seu primeiro título em 2013. Em 2012, o Nacional sagrou-se campeão e o Penarol conquistou o bicampeonato 2010/2011.

    João Paulo Oliveira
    Jornal EM TEMPO