Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Há 20 anos, Ceni marcava seu primeiro gol pelo São Paulo

    Até a sua aposentadoria, no fim de 2015, Ceni balançou as redes 131 vezes - Reprodução/Facebook

    No dia 15 de fevereiro de 1997, o então goleiro do São Paulo, Rogério Ceni, surpreendeu. Diante do União São João, em partida válida pelo Campeonato Paulista daquele ano, o jogador subiu ao ataque para cobrar uma falta e fez o seu primeiro gol na carreira.

    Nesta quarta-feira (15), exatamente no dia em que o clube faz o clássico paulista diante do Santos, o lance completa 20 anos. De lá até a sua aposentadoria, no fim de 2015, ele balançou as redes 131 vezes.

    Rogério se tornou um dos maiores batedores de falta do mundo. Em 2006, quando superou os 62 anotados pelo paraguaio Jose Luiz Chilavert, o atual treinador do São Paulo recebeu do Guinnes Book o prêmio de maior goleiro-artilheiro da história.

    Em 2013, chegou a 1.117 partidas, ultrapassou Pelé com o maior número de jogos por um clube e se mostrou um "mito", apelido que a torcida usa para se referir ao ex-jogador.

    Folhapress