Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Semifinal tem só mil ingressos vendidos e bilheterias vazias

    É extremamente reduzida a procura por ingressos para a semifinal da Taça Guanabara entre Flamengo e Vasco, sábado (25), às 17h (de Brasília), em Volta Redonda. Foram vendidas apenas cerca de mil entradas e as bilheterias estão vazias.

    Do total de bilhetes comercializados, 70% foram para os torcedores do rubro-negro. O temor pela violência, a mudança do clássico para o estádio Raulino de Oliveira e o Carnaval são os motivos debatidos pelos semifinalistas para o fracasso das vendas.

    "[O ingresso] Um pouco mais caro do que estamos acostumados, mas como se trata de partida inédita, final de turno, entendemos que é um valor justo", disse o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, em entrevista à Fox Sports.

    Existe receio de confrontos entre as organizadas na estrada, apesar de a Polícia Militar ter dado garantias de segurança e confirmado que fará a escolta dos torcedores até Volta Redonda.

    Os ingressos vão de R$ 100 a R$ 140 -valores inteiros. As vendas se encerram às 17h desta sexta-feira (24) em pontos credenciados. No dia do clássico, as bilheterias do estádio estarão abertas a partir das 9h.

    "Flamengo e Vasco é um clássico com muita rivalidade, mas o importante é que todos os atletas se respeitem dentro do campo. Somos grandes rivais, não somos inimigos. É importante que isso seja frisado", comentou o técnico rubro-negro Zé Ricardo.

    "Precisamos jogar com torcida mista e ficar tudo bem. É importante um grande espetáculo para mostrar que é possível. Essa coisa da dificuldade de violência é questão social, não só do futebol", completou o treinador vascaíno Cristóvão Borges.

    Vinicius Castro

    Folhapress