Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Faixa Liberada reúne mais de 2 mil pessoas em edição especial

    Uma das ações desenvolvidas pelo projeto são as edições dos aulões de aeróbica e ritmos - fotos: Marinho Ramos/Semcom

    Mesmo com tempo nublado, mais de duas mil pessoas participaram da edição especial de sete anos da Faixa Liberada, neste domingo (19), na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. Durante o evento, um super aulão de aeróbica e ritmos animou o púbico presente.

    Realizado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), o projeto, que teve início pela primeira vez na Ponta Negra em 14 de março de 2010, já conta com mais de 600 edições. Como parte da programação especial, além do aulão de aeróbica e ritmos, foram oferecidos para a população as modalidades esportivas do tênis de mesa e futebol de travinha. A criançada se divertiu com estruturas de pula-pula, que foram disponibilizadas no local.

    Além do aulão de aeróbica e ritmos, foram oferecidos para a população as modalidades esportivas

    "Há alguns anos, a Faixa Liberada se resumia em fechar a via para a população praticar suas atividades e hoje a Prefeitura oferece muito mais. Temos os aulões de dança que são uma grande febre, principalmente entre as mulheres, pula-pula para as crianças e outras atividades. O trabalho continua e já levamos o projeto para outras zonas da cidade", declarou o secretário da Semjel, Mário Barros.

    Fã dos aulões de aeróbica e ritmos, Tatiana Lopes, 40, conta que já perdeu 3kg realizando a atividade física. "É um benefício muito grande para a nossa saúde realizar essas atividades oferecidas pela Prefeitura de Manaus. Já perdi 3kg com as aulas de dança e só de vir aqui a gente já se sente melhor, mais disposto para o dia-a-dia", contou Tatiana que já frequenta a Faixa Liberada da Ponta Negra há três anos.

    O casal Everton, 51, e Nátia Borges, 44, contam que todos os domingos saem do bairro Japiim para caminhar na Faixa Liberada da Ponta Negra. "Essa é uma opção gratuita de manter a saúde em dia oferecida pela Prefeitura de Manaus. Então estamos aqui todos os domingos realizando a nossa caminhada para cuidar da nossa saúde e do nosso bem estar", contou Nátia.

    Já Rubens Silva, 22, aproveita a folga no trabalho e leva os três filhos com a esposa para caminhar e aproveitar a paisagem de um dos principais cartões postais de Manaus, a orla da Ponta Negra. "A Faixa Liberada é uma das melhores opções de lazer para as famílias aos domingos. Aqui podemos realizar atividades, passear com a família e ao fim das atividades tomar um banho no rio Negro. Não tem nada melhor que isso", explicou.

    A Faixa Liberada foi iniciada na Ponta Negra e aos poucos foi expandida para outras zonas da cidade, ocorrendo hoje em mais quatro pontos de Manaus: Cachoeirinha, Parque das Garças, São José e Conjunto Viver Melhor.

    Com informações da assessoria