Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Taça Amazônia reúne enxadristas de destaque

    Com presença marcada do atual campeão brasileiro, mestre Everaldo Matsuura, competição iniciou ontem e vai até o domingo (16), no Clube de Xadrez Manauara. Torneio contará com aproximadamente 50 enxadristas locais e de Estados vizinhos

    O coelhinho da Páscoa chegou mais cedo para os enxadristas do Amazonas. E ele não veio trazendo ovos de chocolate, mas sim uma competição reunindo grandes nomes da Região Norte e do país, como os grandes mestres Everaldo Matsuura e Neuris Delgado, ambos campeões brasileiros, além do mestre internacional sérvio Dragan Stamenkovic. A Taça Amazônia de Xadrez iniciou ontem, com aproximadamente 50 participantes e termina no domingo (16).

    Com enxadristas locais e de Estados vizinhos, como Acre, Roraima, Amapá e Pará, a competição distribuirá R$ 2,5 mil em premiação. Pela terceira vez em Manaus, o campeão brasileiro Everaldo Matsuura, comemora a possibilidade de disputar a Taça
    Amazônia de Xadrez.

    “Me sinto honrado pelo convite. Tentarei passar algo a eles que adquiri nas últimas competições. Espero acrescentar ao torneio e que possam aprender com minha experiência. Vou tentar vencer, mas acho que o Neuris Delgado é favorito ao título”, disse Matsuura.

    Bastidores

    Segundo o vice-presidente do Clube de Xadrez Manauara, Rudson Peixoto, a competição tem como finalidade alavancar a modalidade no Estado e promovê-la como alternativa viável para escolas públicas.

    “A principal intenção é voltar a fomentar o xadrez no Amazonas e tentar despertar nas autoridades locais a importância do esporte para a evolução pedagógica. O xadrez melhora o raciocínio educacional e flui o aprendizado de nossas crianças. Ouvimos muito falar de UFC e MMA, mas esqueceram do xadrez, que é eficaz no fortalecimento mental humano. Tem crianças, adolescentes e jovens que não podem participar das aulas de educação física e poderiam descobrir no xadrez uma maneira de se inserir no mundo competitivo. Não temos apoio para realizar estas competições. Não existe nenhuma inciativa municipal para o xadrez. A competição será bancada pela arrecadação das inscrições e o próprio clube vai premiar os vencedores”, destacou Peixoto.

    Enxadristas locais

    Os principais nomes na Taça Amazônia são: Renan do Carmo Reis, Andrei Neves e Pedro Jorge Moraes Pinto, que faturou 16 vezes o título amazonense, tornando-se o maior campeão estadual do Brasil.

    O recordista mantém respeito pelos adversários, assume não estar em boa fase, mas afirma não querer ficar de
    fora da festa.

    “O Everaldo é muito meu amigo, fomos parceiros de quarto em viagens por competições nacionais, será uma honra enfrentá-lo. Estou sem ritmo de jogo, mas vou tentar retornar aos tabuleiros”, finalizou o supercampeão.

    João Paulo Oliveira

    EM TEMPO

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados