Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Ministério do Esporte abre inscrições para o Bolsa Atleta

    Podem concorrer à bolsa os atletas que conquistaram bons resultados em competições nacionais e internacionais - Divulgação

    O Ministério do Esporte abre hoje (9) as inscrições para o programa Bolsa Atleta 2017. O novo edital foi publicado nessa segunda-feira (7) no Diário Oficial da União. As inscrições poderão ser feitas até o próximo dia 22 e o processo seletivo terá como base os resultados obtidos pelos atletas em 2016.

    Segundo o ministério, podem concorrer à bolsa os atletas que conquistaram bons resultados em competições nacionais e internacionais e que estejam vinculados a uma entidade de prática desportiva. No entanto, para a modalidade Bolsa Estudantil, os desportistas serão selecionados nos Jogos Escolares e nos Jogos Universitários Brasileiros.

    Os valores das bolsas variam de acordo com cada categoria - atleta de base (R$ 370,00), estudantil (R$ 370,00), nacional (R$ 925,00), internacional (R$ 1.850,00), e plímpica/paralímpica (R$ 3.100,00). O atleta contemplado receberá o equivalente a 12 parcelas do valor definido na categoria.

    O programa tem como prioridade apoiar os atletas de esportes que compõem os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Posteriormente, o benefício é voltado para atletas de modalidades conhecidas como “não olímpicas” (que não fazem parte das Olimpíadas).

    “A expectativa é manter o programa no mesmo patamar dos anos anteriores, beneficiando cerca de 6 mil atletas na primeira fase do edital”, informa o Ministério do Esporte.

    Inscrição

    As inscrições podem ser feitas exclusivamente no site do ministério, que mostra os requisitos específicos exigidos para cada categoria.

    O Bolsa Atleta é considerado o maior programa de patrocínio esportivo individual e direto do mundo. De acordo com o Ministério do Esporte, o principal objetivo é contribuir com a formação de atletas para representar o país em competições nacionais e internacionais.

    Desde 2005, quando o programa foi criado, cerca de 20,7 mil atletas foram beneficiados com 51 mil bolsas. O Investimento ultrapassa R$ 890 milhões.

    Wendel Sousa
    Agência Brasil

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados