Fonte: OpenWeather

    Holofotes


    Avião com Luciano Huck e Angélica sofre pequeno acidente no MS

    A aeronave em que estava o casal de apresentadores Luciano Huck e Angélica, os três filhos deles e mais duas babás fez um pouso forçado em Mato Grosso do Sul na manhã deste domingo (24).

    Eles foram socorridos e encaminhados para o Hospital Santa Casa, em Campo Grande (MS). Segundo a unidade, a família passou por exames de raio-x e aguarda alta hospitalar para continuar a viagem, ainda neste domingo, para São Paulo.

    O hospital cancelou uma entrevista coletiva prevista para esta tarde e divulgou nota informando que todos foram atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e passam bem. A assessoria do hospital informou ainda, que "por solicitação dos familiares", não passará mais informações sobre o caso.

    A médica Priscila Alexandrina, da diretoria técnica do hospital, todos estão estáveis e em uma ala separada do hospital para evitar tumultos. A médica disse que ainda estão sendo submetidos a exames e, por isso, não quis confirmar as suspeitas de que Luciano teria fraturado uma costela e Angélica, a bacia.

    O governador Reinaldo Azambuja, do PSDB, foi ao hospital para acompanhar o atendimento ao casal.

    Susto e dor

    Após o pouso forçado, um funcionário da fazenda Palmeiras foi ao local e, com a ajuda de um homem que passava pelas imediações e viu o avião, transportou Luciano, Angélica, os três filhos, as duas babás e o co-piloto para o hospital. "Leonardo [funcionário da fazenda] disse que o apresentador estava calmo, mas que a Angélica parecia bastante assustada e reclamava muito de dores. Uma das babás também", disse Lorena Beatriz, dona da fazenda.

    Ela disse que, quando chegou ao local do pouso, apenas o piloto ainda estava lá -o funcionário da fazenda e o outro homem acharam melhor não transportá-lo, já que ele teve dificuldades de deixar a aeronave e reclamava de dores na cabeça. O piloto foi levado de helicóptero para outro hospital.

    De acordo com a assessoria de imprensa da Aeronáutica, o avião modelo Embraer 820C apresentou uma pane no motor por volta das 10h52 (horário de Brasília).

    O piloto comunicou a falha à torre de comando do tráfego aéreo no aeroporto de Campo Grande e pousou de forma emergencial em uma fazenda localizada nas imediações da rodovia MS-080, a 30 km da capital sul-mato-grossense.

    Todos os passageiros da aeronave, além da tripulação composta por piloto e mais um copiloto sofreram lesões leves.

    Investigação a caminho

    A aeronave decolou de uma estância turística do Pantanal localizada na cidade de Miranda (MS) e tinha a previsão de pousar no aeroporto da capital do Estado.

    O avião de prefixo PT-ENM é de propriedade da companhia Mato Grosso do Sul Táxi Aéreo LTDA e, segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), está em situação regular.

    Procurada pela reportagem, a companhia de táxi aéreo informou que se manifestará ainda neste domingo sobre o acidente. Uma funcionária da empresa adiantou que o piloto e o copiloto estão bem.

    Uma equipe do Seripa-4 (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), de São Paulo, está a caminho do local para investigar as causas que provocaram o pouso forçado.

    Luciano Huck e os filhos viajaram para Mato Grosso do Sul para acompanhar uma série de gravações de Angélica feitas no Pantanal para seu programa semanal "Estrelas", da Rede Globo.

    Por Folhapress