Fonte: OpenWeather

    Holofotes


    Em primeira entrevista ao vivo em dez anos, Morrissey diz estar curado de câncer

    Morrissey deu sua primeira longa entrevista ao vivo em dez anos na noite de terça-feira (18), no programa online de Larry King, o ‘Larry King Show’.

    Distante de sua personalidade sarcástica, Morrissey falou de assuntos íntimos, como o diagnóstico de câncer de esôfago que recebeu em 2014.

    “Quando você recebe o diagnóstico, não escuta a palavra em si. Você não quer ouvir. É apenas um 'ah, sim'. Depois, quando você está só, a ameaça está na sua mente”, afirmou o cantor, sobre como recebeu a notícia da doença.

    “Agora estou bem”, respondeu ele a Larry King, quando perguntado se estava curado.

    O apresentador começou a entrevista perguntando a Morrissey sobre os Smiths, banda que liderou nos anos 1980. Diz não se arrepender de terem se separado e rejeitou uma possível reunião. “Éramos jovens e não sabíamos o que estávamos fazendo. E não nos gostávamos tanto assim.”

    Morrissey falou a King que não enxerga poesia na vida moderna. Também contou que sofre de depressão, que o acompanha ao longo dos anos e para a qual não toma remédios. “É um estado de espírito, circunstancial.”

    “Para mim, nunca melhora. Tenho por muitos anos, é algo que não desaparece. Não há cura. É parte de ser sensível”, afirmou o cantor.

    Larry King rebateu: “Você está deprimido agora?” – ao que Morrissey responde com uma negativa, dizendo se sentir seguro naquele momento. “Te curei?”, brincou o entrevistador, arrancando risos da plateia.

    A entrevista está disponível, na íntegra, no site do canal online ‘Ora’, que exibe o programa de Larry King.

    No fim, Morrissey se despediu do programa cantando ‘Kiss Me A Lot’, do álbum ‘World Peace Is None of Your Business’, lançado em 2014.

    Por Folhapress