Fonte: OpenWeather

    Holofotes


    Polícia vai ao BBB ouvir Marcos e Emilly sobre briga e participante pode sair

    Em um vídeo, a polícia verificou que há uma marca no braço de Emilly - Reprodução/Globo

    A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou nesta segunda-feira (10) que vai registrar ocorrência contra as supostas agressões praticadas por Marcos no "BBB 17". A equipe de investigação foi à casa mais vigiada do Brasil para colher os depoimentos do médico e de Emilly.

    O órgão informou em sua conta no Twitter, nesta segunda-feira (10), que o caso ficará sob responsabilidade da Delegacia da Mulher de Jacarepaguá, próxima à casa onde o programa é gravado.

    A decisão foi tomada pela delegada Márcia Noeli, que é diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher. A autoridade policial informou que tomou a decisão após circular um vídeo onde ele aparece apertando o braço da sister, que já tem uma marca - que pode ser oriunda de agressão.

    Caso a polícia entre com uma medida protetiva, Marcos poderá ser afastado do programa ainda hoje. Procurada pela reportagem, a Rede Globo ainda não se posicionou sobre o caso.

    EM TEMPO

    Com informações da Folhapress

    Mais lidas

    1. Rihanna vai ter rua com seu nome em Barbados

    2. Para dar lição, Mila Kunis e Ashton Kutcher escolhem não presentear filhos no Natal

    3. Cantora Björk afirma que sofreu assédio sexual de diretor dinamarquês

    4. Cantor Joe Jonas pede a atriz Sansa de 'Game of Thrones' em casamento