Fonte: OpenWeather

    Holofotes


    'Não se pode calar uma cultura', diz Valesca sobre projeto de lei que criminaliza o funk

    Valesca diz que o funk deve ser tratado com respeito - Divulgação

    São 17 anos de carreira, a maior parte como integrante do grupo "Gaiola das Popozudas". Em 2013, partiu em "voo solo" ao lançar o hit "Beijinho no Ombro". Não foi um lançamento musical, entretanto, que levou o nome de Valesca Popozuda ao noticiário do país nos últimos dias. Uma proposta de lei que criminaliza o funk foi enviada ao Senado com mais de 20 mil assinaturas. A ideia, que considera o gênero musical como "crime de saúde pública", é de autoria do empresário paulista Marcelo Alonsa.

    "Não se pode calar uma cultura", diz a cantora sobre o projeto de lei à reportagem. "Eu nasci no Rio de janeiro. Cresci ouvindo funk desde que me entendo por gente. Vivi minha adolescência em bailes e isso nunca me tornou uma pessoa pior. Muito pelo contrário".

    No plenário, a sugestão acabou nas mãos do senador Romário (Podemos-RJ), que logo se declarou contra a proibição. Ainda assim, ele propôs realizar uma audiência pública, ainda sem data, sobre o tema com a presença de artistas, entre eles, Valesca, e sociólogos.

    Leia também:Após funk relacionado à FDN, PCC proíbe presença de Mr. Catra em São Paulo

    A cantora diz que já conhecia o ex-jogador, mas que passou a "admirá-lo" depois que ele ingressou na carreira política. "Hoje em dia digo que ele me representa".

    "Não tratem o funk como algo ruim, não tratem o funk como um ritmo de uma só classe, tratem o funk com respeito".


    Anitta

    Em junho, logo que a proposta veio a público, a cantora Anitta também saiu em defesa do gênero na rede social Twitter. Com mais de 4 milhões de seguidores no microblog, a artista escreveu aos "22 mil desinformados que estão precisando sair do conforto de seus lares para conhecer um pouquinho mais do nosso país".

    Além disso, ela afirmou que o funk "gera trabalho, gera renda". Para aqueles que assinaram a proposta, ela pede para visitarem as áreas "menos nobres do nosso país e vocês descobririam isso rápido".

    Folhapress

    Leia mais:

    Mr. Catra cita organização criminosa FDN em funk e vídeo causa polêmica em Manaus

    Sandy dança música de Anitta e “ganha” as redes sociais

    MC Yuri usa melodia de Luiz Gonzaga para música com letra pornográfica

    Mais lidas

    1. Rihanna vai ter rua com seu nome em Barbados

    2. Para dar lição, Mila Kunis e Ashton Kutcher escolhem não presentear filhos no Natal

    3. Cantora Björk afirma que sofreu assédio sexual de diretor dinamarquês

    4. Cantor Joe Jonas pede a atriz Sansa de 'Game of Thrones' em casamento