Fonte: OpenWeather

    Nova História


    Secretário da SEC visita Cadeia Pública que se tornará Centro Cultural em Manaus

    Visita ocorreu nesta quarta (6) e ainda não há previsão de início das obras no local

    Secretários de Cultura e Administração e Gestão do Estado visitaram o prédio da antiga Cadeia Pública, na avenida Sete de Setembro | Foto: Janailton Falcão

    Um lugar que abrigou criminosos e foi um dos cenários da segunda maior rebelião do Brasil, onde ao menos quatro detentos foram mortos - durante o massacre que resultou em 64 mortes no Sistema Prisional do Amazonas, em janeiro deste ano -, o antigo prédio da Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, Zona Sul de Manaus, deve abrigar o novo Centro Cultural Popular do Amazonas.

    “Será uma ocupação com atividades artísticas e culturais. Uma apropriação que renovará os ares desse ambiente, além de oferecer à população um novo caminho para o desenvolvimento da economia cultural”, informou Denilson Novo, titular da Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas (SEC-AM), durante a primeira visita técnica, na manhã desta quarta-feira (6), na Raimundo Vidal, após a entrega da cessão do imóvel à SEC.  

    Denilson ainda explicou que não existe previsão para início das obras, apesar de ter em mãos o projeto, que tem como restaurar a planta original do antigo presídio. "Por enquanto, estamos dando início nos processos necessários de licitação de empresas terceirizadas para a construção das obras", destaca o secretário.

    Denilson ressalta que a apropriação renovará os ares da antiga cadeia
    Denilson ressalta que a apropriação renovará os ares da antiga cadeia | Foto: Janailton Falcão

    “Serão demolidas algumas construções que alteraram o projeto original e depois vamos dar início a um minucioso trabalho de restauração. Depois vamos iniciar o processo de ocupação do lugar, que deve receber os artistas e agentes do folclore amazonense. Um projeto ousado que, para ser realizado com êxito, estamos caminhando a partir de hoje em busca de parcerias para podermos potencializar os resultados”, acrescenta Denilson. 

    Leia também: Cadeia pública será transformada em Centro de Cultura Popular

    Denilson ainda informou que uma parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab) deve proporcionar capacitação de artesãos no local.

    “Será um local propício para receber os turistas, além de abrigar exposições culturais e apresentações artísticas de dança e teatro. O espaço vai contar com oficinas de artesanatos, com o apoio da Setrab, que deve fazer o credenciamento de todos artesãos, para que esses trabalhadores possam desenvolver suas atividades de forma profissional e com registros. As antigas celas funcionarão como grandes boxes de vendas, para os produtos serem comercializados”, disse.

    Cadeia foi um dos cenários da segunda maior rebelião do Brasil
    Cadeia foi um dos cenários da segunda maior rebelião do Brasil | Foto: Janailton Falcão

    Especulações

    As recentes reuniões do governador Amazonino Mendes (PDT) geram rumores de possíveis mudanças no secretariado do Estado. Os relatos podem incluir mudanças até no comando da SEC, atualmente liderada pelo músico e compositor Denilson Novo.

    Há dois meses à frente da secretaria, Denilson informou desconhecer qualquer rumor sobre sua possível saída da pasta. “Não tenho nada a declarar sobre esse assunto, só tenho a dizer que estou trabalhando com empenho desde o primeiro dia que assumi e assim farei até o último momento em que estiver na titularidade da SEC”, conclui. 

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais:

    Delegacia móvel atende população na Avenida Eduardo Ribeiro

    É grave o estado de saúde da mulher supostamente jogada de apartamento no Viver Melhor

    Promoção: comece o ano com mobília e pintura nova