Fonte: OpenWeather

    Carnaval 2018


    Mais de 90 motoristas foram de Disk-Pileque para casa no Carnaval

    Para solicitar o Disk-Pileque basta ligar para o número (92) 99146-9863, que também funciona pelo WhatsApp

    Mais de 90 motoristas foram levados para suas casas em seguranças através do Disk-Pileque | Foto: Márcio Melo

    Manaus — Entre a noite da última sexta-feira (9) e a madrugada da Segunda-Feira Gorda (12), mais de 90 motoristas foram levados para suas casas em segurança através do Disk Pileque. O  serviço, realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran/AM), tem o objetivo de reduzir os índices de acidentes provocados pela combinação de álcool e direção. 

    Leia também: Terça de Carnaval tem alterações no trânsito e em linhas de ônibus

    O serviço é operacionalizado pelos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e está disponível até a próxima quinta-feira (15). Para solicitar o Disk-Pileque, basta ligar para o número (92) 99146-9863, que também funciona como WhatsApp. 

    O Detran-AM também intensificou suas ações, colocando todo o seu aparato nas ruas, incluindo bafômetros e guinchos. São 120 servidores trabalhando tanto nas ações educativas quanto nas fiscalizações da Lei Seca. O intuito é o de coibir os excessos ao volante, principalmente, a direção perigosa, dirigir sem capacete, alcoolizado ou sem habilitação. O reforço maior será nas áreas onde acontecem as principais festas da cidade.

    Dirigir alcoolizado é crime de trânsito previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A multa é de R$2.934,70 e a pena varia de seis meses a três anos de detenção. Quando flagrado conduzindo um carro bêbado, o condutor tem a carteira apreendida e pode ter suspensa a permissão para dirigir.

    Leia mais:

    Mais de 50 motoristas são autuados por embriaguez ao volante em Manaus

    Terceirizados da saúde do AM com salários atrasados temem demissões

    Quase 50 mil pessoas já deixaram Manaus neste Carnaval