Fonte: OpenWeather

    Barricada


    Trabalhadores assaltados na Zona Leste denunciam ausência da polícia

    Eles foram vítimas de uma emboscada com barricada, na rua Cravitas, comunidade Nova Floresta, e passaram mais de três horas a espera de uma viatura policial

    Uma das vítimas, um senhor de 61 anos, esperou pela polícia por mais de três horas e foi embora do local sem ter apoio de policiais | Foto: Divulgação

    Manaus - Um motorista de 61 anos e um encadernador foram assaltados, na madrugada desta segunda-feira (16), após três criminosos armados montarem uma barricada com tijolos e madeira, na rua Cravitas, comunidade Nova Floresta, Zona Leste de Manaus. 

    O trio encapuzado agiu com violência e roubou a chave do carro e pertences das vítimas. De acordo com o motorista, que foi rendido quando fazia o transporte de dois trabalhadores, o veículo só não foi levado porque os suspeitos não conseguiram conduzir o automóvel, que foi abandonado em uma ladeira. 

    "Por volta de 4h30 eu havia acabado de deixar um dos funcionários na casa dele, quando retornei a barricada estava montada no meio da ladeira. Parei e os assaltantes saíram da parte de trás de uma casa, sendo que dois deles estavam armados. Eles nos ameaçaram e pegaram todos nossos pertences, inclusive minha aliança. O outro funcionário chegou a levar uma coronhada", contou o motorista. 

    Leia tambémAssaltantes montam barricada e apedrejam micro-ônibus em Manaus

    Após sofrerem varias ameaças, as vítimas foram retiradas do veículo pelos bandidos - que tentaram fugir usando o carro. Os trabalhadores foram socorridos pelo colega de trabalho que havia acabado de ser deixado em casa. 

    Moradores da área informaram às vítimas que na rua Cravitas é comum assaltantes utilizarem barricadas em assaltos
    Moradores da área informaram às vítimas que na rua Cravitas é comum assaltantes utilizarem barricadas em assaltos | Foto: Reprodução/Internet

    "Corremos para a casa do nosso colega. Depois de 20 minutos saímos e nos deparamos com o carro abandonado com os faróis ligados. Procuramos nossas coisas, mas não encontramos nada, levaram até nossos documentos", lamentou a vítima. 

    O motorista ainda relatou que após várias tentativas de acionar a polícia, nenhuma equipe apareceu no local do crime. "Ficamos por quase três horas na rua, amanheceu e não apareceu nenhuma viatura na área. Conversei com os moradores e eles disseram que os criminosos montam barricadas com frequência naquela rua. Há duas semanas eu mesmo desmontei uma quando passei por lá, mas Graça a Deus não aconteceu nada. Infelizmente hoje não tive a mesma sorte", contou o motorista.

    O carro, que a vítima conduzia, pertence a uma locadora de veículos. O automóvel foi removido com a ajuda de um guincho e levado para a empresa. Mesmo após a retirada do carro, nenhuma equipe policial se deslocou para o local da ocorrência.

    Polícia

    Sobre a ausência de policiais militares para atenderem o chamado das vítimas no local da ocorrência, a Polícia Militar informou que a ocorrência foi repassada à 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), responsável pelo policiamento na área. Ainda segundo a corporação, a equipe deverá apurar os fatos e intensificará as ações policiais em sua área de patrulhamento.

    A PM reitera a orientação aos moradores que registrem as ocorrências no Distrito Integrado de Polícia (DIP) da região ou que acionem a PM, por meio do 190, disque-denúncia 181 e Linha Direta da 14ª Cicom: (92) 98842 1667 em funcionamento 24h.

    Um Boletim de Ocorrência (B.O) foi registrado e a Polícia Civil deve investigar o caso. 

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais

    Trio que montou barricada para fazer arrastões é preso na Zona Leste

    PC adota 'lei da mordaça' sobre investigação da chacina na Compensa

    Sob ameaça, mulher é feita refém ao tentar sair de casa em Manaus