Fonte: OpenWeather

    tragédia


    Preso homem que invadiu casa, atirou e matou empresário em Manaus

    Crime ocorreu no dia 1º de abril deste ano. Um adolescente foi apreendido por envolvimento no homicídio e família diz que não há como perdoar assassino, que alega ter disparado o tiro 'acidentalmente'

    Manaus - "Ele pediu perdão e é o máximo que pode fazer. Infelizmente, pra mim isto não é suficiente para o que ele fez com o meu filho. Um crápula deste merece ficar na cadeia para sempre", disse Mário Jorge Viana, pai do empresário Diogo Gonzaga da Silva, de 34 anos, morto dentro de casa durante um assalto no dia 1° de abril deste ano. A coletiva de imprensa sobre a elucidação do crime ocorreu na manhã desta segunda-feira (14), no prédio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste da cidade.

    "Acidentes acontecem", disse o autor dos disparos contra o empresário
    "Acidentes acontecem", disse o autor dos disparos contra o empresário | Foto: Janailton Falcão

    O crime aconteceu na rua Araci, conjunto Manoa, bairro Cidade Nova, Zona Norte. Rafael Sampaio França, de 21 anos, e um adolescente de 17 anos foram capturados na sexta-feira (11) pela Polícia Civil. A Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) apontou que a prisão de Sampaio ocorreu em Manicoré (município distante 332 km de Manaus).

    Houve tumulto na delegacia, quando a família da vítima ficou frente a frente com o acusado
    Houve tumulto na delegacia, quando a família da vítima ficou frente a frente com o acusado | Foto: Janailton Falcão

    Leia também: PM recupera TVs de LED roubadas de contêiner na Zona Sul de Manaus

    O adolescente foi apreendido pela Polícia Militar (PM). Ele estava realizando outros furtos na capital amazonense. Abalados, a família da vítima acompanhou a apresentação de Sampaio na Derfd. O pai da vítima disse que este tipo de crime ainda acontece pela impunidade que a Justiça causa aos criminosos.

    "Fico feliz pelo trabalho da polícia, pois são em poucos casos que se tem estes resultados. Agora, espero que a Justiça Amazonense faça o seu trabalho e cumpra o seu dever com os acusados. Isto só acontece porque eles não têm o que, de fato, merecem. Disse que estava arrependido agora, mas no momento que matou estava sob efeito de drogas e não pensou na família", falou.

    O pai, Mário Jorge, disse que não tem perdão para o homem que assassinou seu filho
    O pai, Mário Jorge, disse que não tem perdão para o homem que assassinou seu filho | Foto: Janailton Falcão

    A esposa da vítima, de nome não revelado, estava muito emocionada e tentou tirar explicações de Sampaio. Em depoimento à imprensa, o acusado disse que acidentes acontecem. "Ele pulou encima e a arma disparou. Foi um acidente por acaso", se defendeu. Ao fim do dia, ele será levado ao Centro Provisório de Detenção Masculino (CDPM).

    O delegado titular da Derfd, Adriano Félix, explicou que Sampaio vai ser indiciado por latrocínio (roubo seguido de morte) e corrupção de menores. O adolescente está na sede da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) e vai responder criminalmente pelo ato infracional ao crime de latrocínio.

    O empresário Diogo Gonzaga era pai de um adolescente de 14 anos
    O empresário Diogo Gonzaga era pai de um adolescente de 14 anos | Foto: Janailton Falcão

    Relembre o caso

    Às 1h10 do dia primeiro de abril deste ano, Sampaio e o adolescente de 17 anos invadiram o endereço do empresário Diogo Gonzaga da Silva, de 34 anos. Após um funcionário de Diogo entrar na residência, a dupla aproveitou o momento e o fez refém, entrando no imóvel e rendendo todos no local.

    O titular da Derfd, Adriano Félix, afirmou que ainda nesta segunda Sampaio será encaminhado ao CDPM
    O titular da Derfd, Adriano Félix, afirmou que ainda nesta segunda Sampaio será encaminhado ao CDPM | Foto: Janailton Falcão

    Segundo o delegado da Derfd, Sampaio vigiava por dias a rotina do empresário, durante o planejamento do roubo. No momento do crime, eles exigiram um envelope contendo R$1,6 mil. Ao final do crime, a dupla conseguiu fugir. Diogo era pai de um filho de 14 anos e proprietário de bancas de cachorro-quente na área.

    Edição: Isac Sharlon

    | Autor:

    Leia mais

    Operação da PC prende despachantes de veículos envolvidos em roubo

    Polícia prende homem que invadiu e furtou casa de sargento da PM

    Presos 12 suspeitos de receptação com mais de 400 celulares em Manaus