Fonte: OpenWeather

    Vida Saudável


    Quer perder peso e ter uma vida saudável? Conheça o Manaus + Saudável!

    Projeto, idealizado pelo educador físico Marcelo Belota, chega à sua oitava edição no segundo semestre de 2018, com mais de 700 pessoas atendidas em todas as suas edições

    Cada edição dura noventa dias, e mais de 700 pessoas já participaram do programa durante os quatro anos de existência. | Foto: Divulgação/Manaus + Saudável

    Manaus - Já pensou em perder peso e percentual de gordura em apenas três meses, e o melhor, com acompanhamento de uma gama de profissionais especializados na área? Se a resposta for sim, você terá uma grande chance para fazê-lo. A partir do dia 10 de setembro, começa a oitava edição do programa Manaus + Saudável, com a finalidade de incentivar a prática de atividades físicas e um estilo de vida saudável.

    Idealizado pelo educador físico e esportista Marcelo Belota, o Manaus + Saudável existe desde 2014, com duas edições por ano. Cada edição dura noventa dias, e mais de 700 pessoas já participaram do programa durante os quatro anos de existência. "É a maior competição do Brasil! Já estamos há quatro anos nisso, com um resultado super positivo para os participantes", ressalta o professor.

    Leia também: Hábitos simples para ter um coração incansável

    E existe até premiação para quem perder mais peso e mais percentual de gordura: será um total de 15 mil reais em dinheiro, sendo divididos por categorias: R$ 2.500,00 para o homem e para a mulher que mais perder peso, R$ 2.500,00 para o homem e para a mulher que mais perder percentual de gordura; e R$ 5.000,00 para a equipe que mais perder peso e percentual de gordura. "Cada equipe comporta entre 7 e 12 pessoas, mas nós costumamos trabalhar com 10 pessoas em cada uma", explica Belota.

    As inscrições podem ser realizadas pelo site www.manausmaissaudavel.com.br até o dia 20 de agosto, com a taxa de R$ 300,00 por mês nos três meses de atividade.
    As inscrições podem ser realizadas pelo site www.manausmaissaudavel.com.br até o dia 20 de agosto, com a taxa de R$ 300,00 por mês nos três meses de atividade. | Foto: Divulgação/Manaus + Saudável

    Como funciona?

    As inscrições podem ser realizadas pelo site www.manausmaissaudavel.com.br até o dia 20 de agosto, com a taxa de R$ 300 por mês nos três meses de atividade.

    A partir da inscrição no programa, o participante terá acompanhamento de uma gama de profissionais, como personal trainer, quiropata, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, entre outros. As pesagens oficiais do programa, inicial e final acontecerão no Laboratório de Desenvolvimento Humano da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (Ledehu/Feff), na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

    Não há restrição de faixa etária para os participantes do programa. No entanto, os únicos documentos solicitados é um laudo médico assinado por um especialista autorizando o candidato a participar do programa. "Essa é a única condição que nós estipulamos. A pessoa só pode se inscrever se tiver a autorização do médico para esse fim", destaca Marcelo Belota.

    O idealizador

    Educador físico, Marcelo Belota é faixa-preta de jiu-jitsu e luta-livre, e campeão brasileiro e mundial nas duas modalidades. Segundo ele, que já foi treinador da lutadora Ketlen Vieira, hoje no Ultimate Fighter Championship (UFC), ele montou o projeto com o objetivo principal de ajudar pessoas a terem um melhor estilo de vida.

    Idealizado pelo educador físico e esportista Marcelo Belota, o Manaus + Saudável existe desde 2014, com duas edições por ano.
    Idealizado pelo educador físico e esportista Marcelo Belota, o Manaus + Saudável existe desde 2014, com duas edições por ano. | Foto: Divulgação/Manaus + Saudável

    "Eu sempre fui professor, e sempre ajudei pessoas na luta livre. No entanto, para mim, isso não era e não foi suficiente, porque eu sempre queria mais, sempre quis ajudar o máximo de pessoas possível, e vi no Manaus + Saudável a iniciativa perfeita para ajudar pessoas a terem uma vida melhor e mais saudável", ressalta.

    Leia mais

    Faixa Liberada na Ponta Negra com exposição pelo 'Mês do Soldado'

    Medicina Oriental: conheça benefícios da acupuntura para a pele

    Saúde mental não deve ser tabu, avaliam pesquisadores