Fonte: OpenWeather

    Filme 3D


    Olavo Dantas leva atividades esportivas e cinema para comunidades

    Olavo, procura levar sua contribuição de sua vivencia no futebol feminino com as garotas, que acompanham o Amazon Cine 3D

    Olavo disse que o esporte na verdade é uma ferramenta de inclusão social, que não tem limite, se for bem trabalhada | Foto: Divulgação

    Manaus - Maior responsável pela criação da equipe feminina do Iranduba, o ex-treinador Olavo Dantas participa do projeto Amazon Cine 3D, que tem o objetivo de levar o cinema e outros produtos do universo da indústria audiovisual (cinematográfico) para disseminação cultural junto às comunidades carentes de municípios dos Estados do Amazonas, Pará e Roraima.

    Com sua experiência em âmbito nacional, quando comandou as meninas do Hulk, inclusive sendo um dos membros do projeto CBF Social, Olavo procura levar tudo que viveu no futebol feminino com as garotas, que acompanham o Amazon Cine 3D, para as cidades da região Norte.

    Leia também:  Fifa envia força-tarefa ao Marrocos, candidato à sede do mundial 2026 

    De acordo com Olavo Dantas, o convite partiu do idealizador do projeto após ele ver o trabalho que realizou no Iranduba, além de desenvolver, apesar de todas as dificuldades e obstáculos, um futebol de qualidade.

    “O convite para trabalhar no projeto foi através do idealizador, doutor Cleverson Redivo, no início do ano. Fiquei muito feliz! Na verdade, isso é um reconhecimento pelo trabalho que estamos desenvolvendo com o futebol feminino há oito anos no Estado do Amazonas. É um projeto de cinema itinerante, que irá acontecer em 20 municípios da Região Norte do país”, explicou ainda falou sobre a programação esportiva e a apresentação de filmes em 3D.

    “O projeto vai presentear o público local com seis longas em 3D, que serão exibidos em todos os municípios. Teremos, simultaneamente, oficinas de noções básicas gerais na montagem de um filme, como a própria filmagem, edição e criação do roteiro, entre outros. Os alunos irão colocar em prática este conhecimento, por meio de uma partida de futebol feminino. Foi aí que surgiu o convite, pois neste trabalho que fizemos no futebol amazonense, tivemos a participação de muitas atletas do interior do Amazonas e também Roraima. Com isso, o idealizador entendeu que poderíamos contribuir”, justificou.

    Para Olavo, a programação de qualidade, em comunidades que tem raros momentos de lazer, vai plantar uma semente nas pessoas que vão visualizar o futebol feminino de forma diferente.

    “Já fizemos na primeira cidade, Caroebe-RR, e foi um sucesso. Houve comprometimento total do prefeito, da primeira-dama, dos secretários e das equipes. O prefeito, inclusive, na premiação final, falou que irá montar uma seleção local. As mais experientes jogadoras nos falaram que nunca teve um evento de futebol feminino parecido na cidade. Foi muito especial para todos, principalmente, para a equipe do Amazon Cine 3D”, disse, mas ressaltou a importância do esporte dentro das cidades pequenas da região Norte.

    “O esporte na verdade é uma ferramenta de inclusão social, que não tem limite. Se for bem trabalhado, com profissionais capacitados, sabendo respeitar o seu foco, com certeza tem um retorno formidável.  No projeto em si, ficamos muito felizes com a escolha feita pelo doutor Cleverson Redivo, que escolheu o futebol feminino para fazer parte deste projeto pioneiro", explicou.

    Leia mais:

    Amazonino retrocede e revoga abono salarial aos secretários de Estado

    Convivência entre animais e bebês traz benefícios, mas exige cuidados

    Homem é preso após dar facada no vizinho em Novo Airão