Fonte: OpenWeather

    Beijo


    Traduzindo a química do beijo: entenda o que acontece com o seu corpo

    Especialista explica o que ocorre com nosso corpo quando beijamos

    Beijo provoca sensações e reações no corpo | Foto: Divulgação

    Manaus - O “Dia dos Namorados” é a data em que os casais celebram o amor. E beijo é o que não falta para comemorar a ocasião. O ato, que provoca sensações conflitantes (calafrios–calor) e acelera o coração, esconde um complexo mecanismo.

    Um processo que começa nos lábios, a região do corpo que apesar de suas dimensões reduzidas, é, junto à ponta dos dedos, a de maior densidade de terminações nervosas, ou seja, em seu interior há múltiplos receptores com grande capacidade para perceber, explorar e transmitir informações para o cérebro.

    Leia também: Conheça 5 sucos poderosos que ajudam a emagrecer

    “Nos lábios se nota com muita precisão a temperatura corporal da outra pessoa, o tônus musculares até o estado de seu sistema imunológico, por meio dos anticorpos e outras proteínas desse sistema. Além disso, durante o beijo, especialmente o de língua, há um importante intercâmbio de saliva que faz com que o homem passe testosterona para a mulher e isso age como uma espécie de afrodisíaco ativando a receptividade sexual da mulher. Quando toda a informação chega ao cérebro, ele avalia se lhe agrada ou não, se o rejeita ou o aceita”, explica o pesquisador de genética na Universidade de Barcelona, David Bueno i Torrens.

    Mas nem tudo é química. A experiência prévia da pessoa ocupa lugar relevante no processo: “As interações de hormônios no cérebro dependem também da experiência prévia da pessoa em suas relações sociais, mesmo que não perceba. Há estudos com ratos que comprovam que quando um macho é recusado pela fêmea, dá mais trabalho para se reaproximar dela. Quando se beija uma pessoa conhecida, as reações químicas são diferentes de quando o sujeito é desconhecido”, finaliza o biólogo.

    Leia mais:

    15% dos homens que transam com homens têm HIV em Manaus, diz estudo

    Combate ao Tabagismo: Conheça pessoas que superaram o vício em Manaus

    Tabagismo contribui para o desenvolvimento de diversos tipos de câncer