Fonte: OpenWeather

    Cuide-se


    No Dia Mundial do Diabetes, saiba a importância do diagnóstico precoce

    O diagnóstico pode ser revelado através de um simples exame de sangue para detectar se há alguma alteração na taxa de glicemia

    O diagnóstico pode ser revelado através de um simples exame de sangue para detectar se há alguma alteração na taxa de glicemia | Foto: Reprodução

    Nesta terça-feira, 14, é o Dia Mundial da Luta contra o Diabetes. Caracterizada pelo controle e a capacidade do corpo em regular a glicose no sangue, na verdade, não se trata de uma doença única, mas de um conjunto de doenças com características em comum provocada por diferentes situações.

    De acordo com a Federação Internacional de Diabetes (IDF), o Brasil tem aproximadamente 14 milhões de pessoas vivendo com a doença. Nesse universo, cerca de um milhão de pacientes desenvolverão úlceras e 200 mil precisarão passar por amputações, das quais cerca de 40 mil levam o indivíduo a óbito.

    Leia também: Jovens estão perdendo audição por causa de fones de ouvido, alerta conselho 

    Os testes laboratoriais são altamente importantes para diagnosticar o tipo da doença e o tipo de controle, e as metas ou os resultados ideais para alcançar no tratamento do diabetes são definidos pelo médico que acompanha o paciente.

    O diagnóstico pode ser revelado através de um simples exame de sangue para detectar se há alguma alteração na taxa de glicemia. Caso a alteração seja considerável o médico deve solicitar o teste laboratorial de tolerância à glicose, mais conhecido como Curva Glicêmica.

    O diabetes requer muita atenção

    Considerado um fator de risco para problemas cardiovasculares e, em casos mais graves, diabetes pode provocar a falência de órgãos. No início, é normal que as pessoas tenham dificuldades no gerenciamento e medição, porém a adaptação será algo natural na sua vida.

    Hoje os avanços científicos na área possibilitam tratamentos para todos os tipos de casos de diabetes. Peça para seu médico o exame laboratorial completo. Esta é uma oportunidade para você estar atento à sua saúde e adquirir responsabilidades sobre as mudanças.

    Tipos de diabetes

    Diabetes tipo 1 – O pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina. A instalação da doença ocorre mais na infância e adolescência e é insulinodependente, isto é, exige a aplicação de injeções diárias de insulina;

    Diabetes tipo 2 – As células são resistentes à ação da insulina. A incidência da doença que pode não ser insulinodependente, em geral, acomete as pessoas depois dos 40 anos de idade;

    Diabetes gestacional – Ocorre durante a gravidez e, na maior parte dos casos, é provocado pelo aumento excessivo de peso da mãe;

    Diabetes associados a outras patologias como as pancreatites alcoólicas, uso de certos medicamentos, etc.

    Leia mais: Vídeo explica o que muda com Reforma Trabalhista, que entrou em vigor neste sábado (11)

    Após assalto no Parque dos Bilhares, SEMMAS pede reforço na segurança

    Mais 'pizza': investigação sobre Renan Calheiros deve ser arquivada