Fonte: OpenWeather

    País


    Brasil reforça necessidade da agenda de desenvolvimento sustentável

    A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, disse que a comunidade internacional vai se debruçar, a partir de agora, sobre a agenda dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecida na Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), em junho de 2012, e apresentada à Assembleia Geral da ONU.

    A ministra vai participar de um painel para a Agenda de Desenvolvimento Pós-2015, na Cúpula do Clima, na sede das Nações Unidas, em Nova York.

    “A partir de agora, vamos consolidar os ODS e trabalharemos no próximo ano em relação ao seu formato, escolhendo quais deles vão dialogar com os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio. Vai haver uma transição dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio para os do Desenvolvimento Sustentável, que são os novos objetivos globalmente aceitos por todos os países”, disse a ministra em entrevista à TV NBR, exibida nesta terça-feira (23).

    Segundo ela, o painel de alto nível de que vai participar recomenda novas bases de uma agenda sustentável para o planeta neste século.

    “Esse painel se reúne para divulgar uma declaração dos membros reforçando a necessidade de uma agenda do desenvolvimento sustentável e a necessidade de integração entre desenvolvimento sustentável e o debate sobre mudanças do clima”.

    A ministra destacou que a erradicação da pobreza no mundo, a produção de alimentos e a geração de energias renováveis são temas fundamentais na agenda sustentável.

    “Estamos fazendo uma convergência de pautas e pondo foco também na questão da produção e consumo sustentáveis. É uma agenda estratégica para a ONU e para o planeta. A partir daí, estaremos com as novas bases de debate e de convergência de ações de todos os países em torno do desenvolvimento sustentável tendo como orientação os Objetivos do Desenvolvimento
    Sustentável.”

    Por Agência Brasil