Fonte: OpenWeather

    País


    Grupo protesta e queima ônibus após morte de menina na zona leste de SP

    Um grupo de pessoas incendiou ao menos um ônibus na tarde desta quinta-feira (7) na região do Itaim Paulista, zona leste de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, os moradores protestam contra o assassinato de uma menina de nove anos.

    A manifestação aconteceu na avenida Kemel Addas, onde os manifestantes pararam dois coletivos da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e fizeram com que os passageiros descessem. Um deles foi incendiado e o outro apedrejado.

    Já no início da noite, um grupo incendiou outros veículos no interior do terminal rodoviário de Poá. Informações preliminares dos bombeiros apontaram que ao menos dois ônibus foram atacados no local, mas a EMTU afirmou ainda não ter confirmação. Seis carros dos bombeiros estavam no local no horário.

    Informações da polícia apontam que a menina de nove anos foi encontrada morta por volta das 12h30, na casa em que morava. A mãe da criança teria ido ao supermercado e quando voltou encontro a menina já morta esfaqueada. A polícia apura se ela sofreu violência sexual.

    A PM afirmou que alguns moradores chegaram a buscar o possível suspeito em bueiros, após a informação de que o criminoso fugiu por um córrego. A polícia afirmou que faz buscas na região, mas não tinha localizado nenhum suspeito até o início da noite.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. MEC lança mestrado profissional para professores

    2. MST ocupa sede do Ministério do Planejamento em Brasília

    3. MEC prorroga para novembro prazo de aditamento do Fies

    4. Campanha Natal sem Fome é retomada depois de 10 anos

    5. Brasil tem 30 novos santos: papa canoniza mártires de Cunhaú e Uruaçu