Fonte: OpenWeather

    País


    Líder da máfia italiana preso no Recife é transferido para Brasília

    foto: divulgação/ Polícia Federal
    foto: divulgação/ Polícia Federal

    O italiano Pasquale Scotti, líder da organização mafiosa napolitana Camorra, foi transferido nesta quarta-feira (27) para a Superintendência da Polícia Federal (PF) em Brasília. Ele foi preso ontem (26), no Recife, em uma operação da PF e da Interpol (Polícia Internacional).

    Segundo a PF, a decisão sobre onde ele ficará preso até o julgamento será do Supremo Tribunal Federal, responsável pelo processo de extradição.

    Em 2005, a Justiça italiana condenou Scotti à prisão perpétua por crimes cometidos entre 1980 e 1983, entre os quais mais de 20 homicídios, porte ilegal de armas de fogo, extorsão, intimidação e ameaças. O italiano estava foragido desde 1984 e vivia no Recife há anos, com documentos falsos, em nome de Francisco de Castro Visconti.

    Scotti é apontado como fundador da Nova Camorra Organizada – subgrupo criado após a prisão do principal chefe da Camorra, Raffaele Cutolo, em 1982.

    Por Folhapress