Fonte: OpenWeather

    País


    IPBeja será terceira instituição de ensino em Portugal a aceitar notas do Enem

    Os participantes do Enem poderão se candidatar a 95 vagas como estudantes internacionais - foto: reprodução
    Os participantes do Enem poderão se candidatar a 95 vagas como estudantes internacionais - foto: reprodução

    As notas do Exame Nacional do Ensino Médio passam a valer no Instituto Politécnico de Beja (IPBeja), na cidade de Beja, região do Alentejo,sul de  Portugal, conforme acordo com a instituição firmado nesta sexta-feira (10) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza a seleção. O IPBeja oferece cursos em áreas pouco exploradas no Brasil, como os voltados para a produção de uva, de vinhos e oliveiras.

    Os participantes do Enem poderão se candidatar a 95 vagas como estudantes internacionais. O processo inicia em outubro e, a partir de 2016, serão três fases de inscrição - fevereiro, junho e outubro. A candidatura custa 50 euros. A nota mínima para o ingresso no instituto português deve ser definida até o fim deste mês.

    O IPBeja oferece 16 graduações distribuídas em quatro grandes áreas: educação, saúde, agricultura e tecnologia. Entre os cursos estão o de viticultura e enologia, olivicultura e agropecuária mediterrânea.

    Segundo o Inep, os selecionados pagam por ano 1,1 mil euros e podem concorrer a desconto na hospedagem residencial do campus, que pode custar até 150 euros por mês. A instituição tem como parceiras de ensino a distância outras 150 instituições europeias e intercâmbio de até seis meses com universidades de países da União Europeia.

    Além do IPBeja, as universidades portuguesas de Coimbra e Algarve também aproveitam as notas do Enem para o ingresso de estudantes.

    Neste ano, o Enem será nos dias 24 e 25 de outubro, cerca de 8,5 milhões fizeram a inscrição.

    A nota do Enem é usada para selecionar estudantes para vagas públicas e privadas de ensino superior e ensino técnico pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e pelo Sistema de Seleção da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), respectivamente. Além de ser exigência para financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para o programa de intercâmbio acadêmico Ciência sem Fronteiras. O Enem pode ser usada ainda como certificação do ensino médio.

    Para ajudar os estudantes a se prepararem para a prova o Portal EBC disponibiliza gratuitamente o aplicativo Questões Enem.

    Por Agência Brasil