Fonte: OpenWeather

    País


    Ônibus desgovernado bate em 7 carros e deixa 9 feridos em SP

    O episódio, segundo relatos de pessoas que presenciaram o acidente, lembrou o filme “Velocidade Máxima”, estrelado pelos atores Keanu Reeves e Sandra Bullock - Reprodução

    Um ônibus desgovernado arrastou sete carros, arrancou um poste e deixou nove feridos ao perder o controle na rua Paulo de Avelar, no Tucuruvi, Zona Norte da capital Paulista, nesta quinta-feira (6), às 6h40. O episódio, segundo relatos de moradores e pessoas que presenciaram o acidente,  lembrou o filme “Velocidade Máxima”, estrelado pelos atores Keanu Reeves, Sandra Bullock, onde um ex-policial instala uma bomba num ônibus, que será acionada quando o veículo alcançar 80 km/h e explodirá caso a velocidade do veículo seja reduzida a menos dos mesmos 80 quilômetros por hora.

    O ônibus arrastou sete carros, arrancou um poste e deixou nove feridos - Divulgação

    Imagens de câmeras de segurança mostram que o ônibus, aparentemente sem freio e com a pista molhada, invadiu a calçada, quase atropelou pedestres e passou a cerca de um metro de uma padaria que estava lotada.

    O coletivo atingiu sete veículos, alguns estacionados e outros parados no semáforo, arrancou um poste e só parou ao atingir outro poste, na esquina com a avenida General Ataliba Leonel.
    Os bombeiros dizem que as nove vítimas foram atendidas nos hospitais Nipo-Brasileiro, do Mandaqui e de Guarulhos. A Polícia Militar disse que três delas estavam presas em ferragens, mas não soube informar onde estavam as outras no momento do acidente. Todos tiveram ferimentos leves.

    Bloqueio

    O ônibus ficou no local para perícia até o começo da tarde. A Ataliba Leonel foi liberada para tráfego por volta das 10h30 e a rua Paulo Avelar, local do acidente, continuava bloqueada até 14h30.
    A AES Eletropaulo disse que "já analisou os danos na rede e, por segurança, desligou o trecho alimentado diretamente pelos postes atingidos". A previsão era de que a substituição dos postes e reconstrução da rede terminassem na noite de quinta.

    O ônibus fazia a linha 179X/ 10, do Jardim Fontális ao metrô Palmeiras/Barra Funda. A SPTrans (empresa que gerencia o transporte municipal) lamentou o acidente e prometeu ajudar nas investigações.

    William Correia

    FolhaPress