Fonte: OpenWeather

    Ação Policial


    Nove são detidos após vandalismo durante paralisação de ônibus no AM

    Nove pessoas foram detidas pela Polícia Militar suspeitas de cometerem vandalismo durante o sétimo dia consecutivo da greve dos rodoviários em Manaus, nesta segunda-feira (4).

    | Autor:



    Manaus -  Nove pessoas foram detidas pela Polícia Militar suspeitas de cometerem vandalismo durante o sétimo dia consecutivo da greve dos rodoviários em Manaus, nesta segunda-feira (4). Conforme a PM, os detidos foram encaminhados aos 14º e 27º Distritos Integrados de Polícias (DIPs), nas Zona Leste e Norte, respectivamente. Os suspeitos devem passar por procedimentos de polícia judiciária. 

    De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), 61 ônibus foram depredados durante o protesto. Os coletivos são das empresas Eucatur, Global Green, Açaí Transportes e Expresso Coroado.  A revolta popular ocorreu após os sindicalistas pararam as linhas de ônibus dentro do T4. 

    Leia tambémRodoviários exigem abertura da CPI do Transporte Público em Manaus

    A PM informou que realiza policiamento ostensivo, na tarde desta segunda, nos cinco terminais de integração da capital.  Nas garagens das empresas, os policiais fazem acompanhamento com viaturas e patrulhamento nos terminais do centro da cidade e plataformas de ônibus. 

    Participam das ações equipes da  5ª, 8ª, 14ª, 21ª, 24ª e 27ª Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms), com o apoio de policiais do Comando de Policiamento Especializado (CPE), Comando de Policiamento de Área Centro Sul (CPA SUL) e  Batalhão de Trânsito. 

    Leia mais 

    Givancir abandona reunião no MPT após chegada da Policia Federal

    Aulas são suspensas em Manaus após tumulto na Zona Leste

    Ônibus: tumulto em Manaus deixa crianças de duas escolas em pânico