Fonte: OpenWeather

    Criminalidade


    Manaus registra quatro mortes violentas em menos de três horas

    Dos quatros casos, dois aconteceram quase na mesma hora. Os crimes foram registrados em diferentes Zonas da cidade

    Manaus - Quando homicídios foram registrados na tarde desta terça-feira (12) Manaus. Os crimes ocorreram em diferentes pontos da capital amazonense. Segundo registros do Instituto Médico Legal (IML), os crimes ocorreram entre 13h30 e 15h40. 

    Dois dos homicídios aconteceram quase no mesmo horário. Um foi registrado  na rua São José, no bairro Compensa, Zona Oeste. O outro aconteceu na avenida Iraque, no bairro Gilberto Mestrinho, na Zona Leste.

    Leia também: Homem é morto a tiros por dupla em moto na Compensa

    No Gilberto Mestrinho, uma briga de bar terminou de forma trágica. Alcenir Rabelo Arévalo, de 45 anos, teve o pescoço furado com um objeto cortante. O autor do crime, com quem a vítima sempre consumia bebidas alcoólicas, foi preso em flagrante.

    Everaldo Ferraz Froes foi morto com vários tiros na Compensa
    Everaldo Ferraz Froes foi morto com vários tiros na Compensa | Foto: Divulgação

    Já na Compensa, o jovem Everaldo Ferraz Froes, de 22 anos, foi morto a tiros após ser abordado por uma dupla em uma motocicleta. Os relatos das testemunhas divergem, mas dão conta de que Everaldo foi alvejado nas constas dentro de um rip-rap. Ele ainda teria tentado fugir, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

    Ainda segundo informações do IML, um corpo com várias perfurações de tiros foi encontrado no ramal do Areal localizado no quilômetro 10 da BR-174. A Polícia não deu mais detalhes da ocorrência.

    Minutos depois, o corpo de um homem de aparentemente 21 anos foi encontrado enterrado em uma área de mata localizada no conjunto Núcleo 16, na Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. O corpo, segundo a perícia, estava no local há aproximante 4 dias e permanece sem identificação.

    Corpo de homem foi encontrado em local de "tribunal do crime"
    Corpo de homem foi encontrado em local de "tribunal do crime" | Foto: Lucas Vittor

    No local onde estava o corpo, ainda foram encontrados uma barraca, fogueira, uma mesa com bancos, e utensílios de construção, como picareta, enxada e pá. De acordo com a polícia, o local era utilizado como "tribunal do crime", onde pessoas que estavam devendo a boca de fumo eram levadas para serem executadas.

    Dados 

    Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), de janeiro a abril de 2018, foram registrados  262 homicídios. Em 2017, foram registrados 313 no mesmo período. 

    Leia mais: 

     Homem é morto durante briga em bar no Gilberto mestrinho

    Camelô se passava por policial e oferecia vagas de emprego em Manaus

    Em 10 anos, mais de 12 mil pessoas foram assassinadas no Amazonas