Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Em busca de objetos roubados, PC apreende 50 kg de droga na Compensa

    A polícia estava em busca de objetos roubados de um galpão no Conjunto Águas Claras. Os presos foram apresentados pela Polícia Civil nesta quinta-feira (9)

    A droga e os presos foram apresentados pela polícia nesta quinta-feira (9) | Foto: Joandres Xavier

    Manaus - Policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos  (Derfv) prenderam, nesta quinta-feira (9), Elcimar Santos da Silva, de 45 anos. Ele é suspeito de roubar uma retroescavadeira e vários equipamentos de um galpão localizado no conjunto Águas Claras, no bairro Novo Aleixo na Zona Norte de Manaus, em junho deste ano.

    Em uma oficina, no bairro Compensa, na Zona Oeste,  Elivaldo Ferreira Pereira, de 38 anos, e Moisés de Souza Moira, de 45 anos, foram presos em flagrante com 50 quilos de drogas. Elcimar e os outros dois suspeitos foram apresentados pela Polícia Civil na tarde desta quinta-feira (9), na sede do 12ºDIP.

    O delegado Rafael Allemand, titular da Derfv, informou que Elivaldo Ferreira, que também é conhecido como "Didal", é irmão de um traficante, identificado como Magaile, que está preso no Centro de Detenção Provisória Masculino Dois (CDPM II), no km 8 da BR-174. 

    Leia também: Exército apreende mais de 120 quilos de skunk em operação no Rio Negro

    De acordo com o delegado, Elcimar, apontado como líder do grupo, era o porteiro e segurança do galpão. "O Elcimar aproveitou que o dono do galpão estava viajando para furtar os equipamentos do local, incluindo o trator", detalhou. 

    Prejuízo 

    A Polícia Civil estima  que todo o material que foi levado do galpão está avaliado em mais de R$ 1 milhão. Além do trator, a polícia também apreendeu um gerador de energia e uma betoneira. Segundo Allemand, ainda falta recuperar outros equipamentos. 

    Droga 

    Após ser preso, Elcimar informou à polícia que havia vendido alguns objetos furtados do galpão. Dentre os objetos, um gerador, que estava escondido em uma oficina na rua F, também no bairro Compensa.

    No local, a polícia encontrou 50 quilos de maconha do tipo skunk, no fundo falso, debaixo do piso. O proprietário da oficina, Elivaldo, e, o ajudante dele, Moises, foram presos, em flagrante.

    Segundo a polícia, a dupla não revelou a procedência da droga, apenas que uma pessoa havia deixado o entorpecente no local.  A polícia não descarta a hipótese que a droga pertença a uma fação criminosa local.

    Flagrante

    Elcimar foi indiciado por furto qualificado. Já Elivaldo e Moises foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Eles serão indiciados, ainda, por receptação.

    Ao término dos procedimentos cabíveis, Elcimar será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

    Elivaldo e Moises serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.  

    Leia mais: 

    Ladrões fingem ser estudantes e roubam iPhones em shopping de Manaus

    Dois policiais civis são baleados em confronto na rodovia AM-352

    Cães da PM encontram drogas em caixa de sapato dentro de barco no AM