Fonte: OpenWeather

    Execução


    Cadeirante é executado e sobrinho de 10 anos é baleado na Compensa

    Familiares, em depoimento à polícia, negaram qualquer envolvimento do cadeirante com o crime organizado

    As investigações serão realizadas pela DEHS | Foto: Kennedson Paz

    Manaus - Mais uma execução foi registrada no bairro Compensa 2, na Zona Oeste de Manaus. O cadeirante Erasmo Carlos Olegário Gomes, de 39 anos, foi assassinado com 9 tiros e o sobrinho dele, de apenas 10 anos, foi baleado durante o tiroteio. O fato aconteceu na noite de domingo (23), por volta de 23h30.

    A vítima e o sobrinho estavam em frente da casa da família quando foram surpreendidos por uma dupla de pistoleiros em uma motocicleta. Pelo menos 9 tiros atingiram o cadeirante e a criança foi atingida com um tiro no pé. Após a execução, os suspeitos fugiram sem serem identificados pelos moradores. 

    A criança precisou ser levada às pressas para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, onde recebeu os primeiros socorros, mas precisou ser transferida para outra unidade de saúde da cidade.

    Uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) esteve no local para apurar informações para iniciar às investigações. Apesar do crime ter características de execução, relacionado ao tráfico de drogas, em depoimento, familiares negaram qualquer ligação de Erasmo com o crime organizado. 

    Moradores da rua, onde aconteceu o crime, preferiram não falar sobre o assunto. “Eu não sei de nada. É bom nem ver quando essas coisas acontecem. Mas estava totalmente sem segurança”, disse homem, que preferiu não se identificar, ao Portal EM TEMPO

    Vídeos

    Durante a madrugada desta segunda-feira (24), vídeos registrados por moradores mostram a aflição dos familiares, que choram e oram lamentado a morte de Erasmo. 

    Palco de recentes ataques

    Considerado o reduto da Família do Norte (FDN), comanda pelo narcotraficante “Zé Roberto da Compensa”, o bairro tem sido palco de ataques nos últimos dias. Criminosos da facção rival Comando Vermelho (CV) tentam invadir e tomar as “bocas de fumo” da FDN.  O conflito tem causado várias mortes na cidade.