Fonte: OpenWeather

    Disque-denúncia


    Foragido da Justiça e irmãos são capturados por assaltos a ônibus

    Eles foram presos com drogas e localizados após denúncia anônima

    Manaus - Três integrantes de uma quadrilha especializada em assalto a ônibus do transporte coletivo foram apresentados, nesta quarta-feira (14), na sede do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), bairro Flores, Zona Centro-Sul da capital. Eles foram presos, nesta terça-feira (13). Um dos suspeitos é o foragido da Justiça Krystphan Luan Torres de Oliveira, de 24 anos. Os outros dois são irmãos adolescentes, um de 16 e outro de 17 anos. 

    O delegado Henrique Brasil informou que os suspeitos foram detidos quando planejavam cometer um novo roubou. Eles usavam uma casa, localizada na rua Angelim Doce, comunidade Mundo Novo, bairro Cidade Nova, Zona Norte, para fazer reuniões. 

    Leia também: Irmãos de 18 e 19 anos são detidos por estuprar irmãos menores

    "Os suspeitos entravam no Terminal 1, no Centro, Zona Sul, assaltavam os ônibus e ameaçam os passageiros com facas. O grupo fugia quando o coletivo trafegava pela avenida Torquato Tapajós, que fica nas proximidades da comunidade, onde eles moravam. A quadrilha tinha facilidades para se esconder, pois conheciam os becos e vielas da região", explicou o titular do 12º DIP. 

    Todos foram apresentados no 12º DIP
    Todos foram apresentados no 12º DIP | Foto: Daniel Landazuri

    A quadrilha passou a ser investigada após denúncias anônimas do disque-denúncia do 12º DIP, pelo número: (92) 99962-4480. A equipe policial começou a monitorar o grupo e, por volta das 15h30 de terça, fez a abordagem. Um quarto integrante, identificado como Rodrigo Nascimento da Silva, conhecido como "Baixinho", conseguiu fugir.

    Com Krystphan foram apreendidos duas porções médias e duas trouxinhas de cocaína, quatro trouxinhas de maconha, do tipo "skunk", e uma balança de precisão. Ele foi autuado por tráfico de drogas e corrupção de menores e será encaminhado para audiência de custódia. 

    Em depoimento à imprensa, Krystphan negou as acusações e informou que os entorpecentes não eram dele. "Era do outro menino que correu, a droga não era minha, tanto que não fugi da polícia", disse o suspeito, que é foragido da Justiça desde 2016, pelo crime de roubo.  

    Os irmãos foram encaminhados à Delegacia Especializada em apuração de Atos Infracionais (Deaai), onde serão adotadas as medidas cabíveis.  

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais

    Quadrilha é presa após amarrar caseiros e roubar sítio na BR-174

    Adolescente denuncia ter sido estuprada por pai embriagado, em Manaus

    Quadrilha é presa por falsificar documentos para empréstimos bancários