Fonte: OpenWeather

    Notas da Contexto


    Revolta popular em Manaus era tragédia anunciada

    Por sete dias seguidos, a população ficou na mão dos rodoviários. Cansador do péssimo serviço prestado, manifestou a insatisfação

    | Foto: Charge/Malika

     marioadolfoemtempo@gmail.com

    A revolta popular que explodiu no Terminal 4, na manhã desta segunda feira (4), foi uma tragédia anunciada. Nenhuma população, por mais pacífica que seja, suporta ver seus direitos cerceados, sem que nenhuma autoridade tome uma providência. E a paralisação dos rodoviários, que impedem trabalhadores de chegar ao seu local de trabalho, de estudantes se dirigirem às escolas e cerceia o direito de ir e vir do cidadão que depende de ônibus, entrou no seu 7º dia sem que ninguém tomasse qualquer providência. Deu no que deu..

    Barrados no baile

    Acuado com a manifestação dos rodoviários em frente à Câmara Municipal de Manaus (CMM), o presidente da Casa Legislativa, Wilker Barreto (PHS), mandou fechar as portas do prédio e impedir que os servidores do transporte público participassem da sessão plenária.

    Quem manda aqui?

    A atitude causou ira no vereador Chico Preto (PMN), que propôs que o plenário decidisse o caso, mas Wilker não aceitou a proposta e manteve a CMM fechada.

    Fecha a porta

    Wilker Barreto afirmou que fechar a CMM foi a forma de preservar a integridade física dos servidores, vereadores e do próprio patrimônio público.

    Só agora

    Na verdade, só depois que o estrago estava feito, é que os vereadores resolveram usar a tribuna para gritar em favor dos usuários de transportes.

    Taca-lhe pau!

    A gritaria para encontrar a solução que estancasse a crise se estendeu por toda a sessão..

    Aloprou

    Quem bateu pesado nos dois sindicatos – o dos trabalhadores e o dos empresários – foi o vereador Marcelo Serafim (PSB).

    Quadrilha

    Afirmando que nessa história “não tem santo”, o filho do Sarafa disse que o Sinetran tem “uma quadrilha de bandidos sem nenhum compromisso com a coletividade”.

    — Eles já me processaram por eu falar aqui o que estou falado agora: o Sinetran é controlado por uma quadrilha de bandidos!

    .Irresponsáveis

    Já a diretoria do sindicato dos rodoviários. É “ irresponsável” e faz o que quer pela ausência do poder público, cutucou Sarafa Jr.

    Estado de calamidade

    O vereador Cláudio Proença (PR) chegou a cobrar que o prefeito Arthur Virgílio decretasse estado de calamidade.

    Intervenção

    E ao mesmo tempo pedisse intervenção judicial no sindicato dos Trabalhadores Rodoviários.

    — CPI não resolve. Vai só travar a solução do problema -, afirmou.

    CPI não!

    Para Proença, a comissão de Transportes da Câmara, o Ministério Público e a OAB têm poder para abri a caixa preta da tarifa de ônibus.

    Direita, volver!

    Antes nanico, o Partido Social Liberal (PSL) tem surfado na popularidade que a direita vem dando ao do presidenciável Jair Bolsonaro.

    Militar na política

    No Amazonas não é diferente, já que a sigla terá candidatos a deputado estadual e federal, entre eles o Capitão Alberto Neto, apontado como dono de uma das cadeiras do Amazonas na Câmara Federal.

    Minha casa, minha vida

    O crescimento do PSL pode ser observado do ponto de vista físico. Agora, a sede do PSL fica na Avenida Maneca Marques, no bairro Parque 10, um dos metros quadrados mais caros de Manaus.

    Leia mais:

    Receba notícias do EM TEMPO no seu celular

    Festa das Patroas em Manaus: venda de ingressos começa com promoção

    5 ideias criativas para presentear o 'amor' no dia 12 de junho