Fonte: OpenWeather

    Amazonas


    Belarmino Lins pede urgência na colação de profissionais para saúde

    Deputado Belarmino Lins pede antecipação da colação de grau de formandos da área de saúde no Amazonas para ajudar na pandemia

     

    UEA e UFAM

O deputado disse estar preocupado com a escassez, cada vez mais acentuada, de profissionais de saúde para o combate à Covid-19 no Amazonas
    UEA e UFAM O deputado disse estar preocupado com a escassez, cada vez mais acentuada, de profissionais de saúde para o combate à Covid-19 no Amazonas | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - O deputado Belarmino Lins (PP) informou em nota, ao EM TEMPO que irá  solicitar antecipação da colação de grau para alunos dos cursos de  Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia, para atuarem exclusivamente na luta contra o coronavírus, no Amazonas.

    UEA e UFAM

    O deputado disse estar preocupado com a escassez, cada vez mais acentuada, de profissionais de saúde para o combate à Covid-19 nesta fase roxa da pandemia no Amazonas e que que vai encaminhar expedientes a UEA (Universidade do Estado do Amazonas) e a UFAM ((Universidade Federal do Amazonas) solicitando a antecipação da colação.

    Segundo o parlamentar, em 2020 as duas Universidades anteciparam a colação dos formandos dos respectivos cursos por considerarem a excepcionalidade da situação de pandemia. Na época, segundo ele, a UEA antecipou a formatura de 79 médicos, 28 enfermeiros e 21 farmacêuticos.

    A exemplo do que aconteceu em 2020, Lins entende que as Universidades poderão antecipar a colação de grau dos formandos deste ano, permitindo que os concludentes das  áreas de saúde possam ser contratados, em caráter emergencial. 

    "

    Devido ao quadro atual – argumenta Belarmino -, essas Universidades poderão repetir o exemplo do ano passado. Aqueles alunos que já estejam concluindo o processo de internato e estágio, e que estejam prontos para o exercício profissional de médico, enfermeiro, etc, poderão ter suas formaturas antecipadas, receberem seus certificados e se habilitarem perante os respectivos Conselhos para serem contratados, em regime temporário, para atuar imediatamente na luta contra a pandemia "

    Belarmino Lins, Deputado Estadual Amazonas

     

    Leia mais:

    www.emtempo.com.br/coronavirus

    www.emtempo.com.br/ultimas