Fonte: OpenWeather

    Suplência


    Gedeão é empossado como suplente de Sabino na Câmara Federal

    Parlamentar inicia as atividades como deputado federal a partir do dia 2 de fevereiro de 2018 no Congresso Federal

    Gedeão segue licenciado da CMM e diz que torce pela recuperação de Sabino | Foto: Tiago Correa/CMM

    O vereador Gedeão Amorim (PMDB) acabou de ser empossado como deputado federal em Brasília (DF). Agora ele ocupa a vaga como suplente do deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB) - que está de licença médica desde o dia 13 de agosto deste ano, quando sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico. A convocação dele foi assinada pelo presidente da casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no dia 21 de dezembro, mas o parlamentar só foi informado sobre a posse na noite desta quinta-feira (28).

    A cerimônia para consolidar o juramento perante suas atividades no Congresso Nacional, foi realizada às 14h30 e, após o recesso de fim de ano, Gedeão deve iniciar as atividades no parlamento federal no dia 2 de fevereiro de 2018. 

    Leia mais: Em Tempo cria lista de transmissão de notícias pelo WhatsApp

    Com muito respeito perante Sabino, Gedeão esclarece que torce pela recuperação do deputado licenciado e que tem a certeza de que em breve ele retornará ao seu posto na Câmara Federal. 

    Vídeo mostra cerimonia de posse de Gedeão ao lado do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia | Autor: Divulgação

    “O deputado Sabino é quem defende este mandato. Independente de qual seja o nível da doença dele, ele é o titular”, disse o político, que ainda destaca que estará apenas licenciado das suas atividades como vereador, na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

    Dallas fica na Setrab 

    Com o afastamento do parlamento municipal, Gedeão tem como suplente o atual secretário da Setrab, Dallas Filho (PMDB), que chegou a atuar na CMM entre maio a julho deste ano, como suplente do vereador Marcel Alexandre (PMDB). 

    Apesar da convocação de suplência, ele disse à reportagem do Em Tempo que não abandonará o cargo de superintendente da pasta trabalhista do Estado, abrindo a vaga para o segundo suplente do PMDB, Dr. Mauro Lippi. 

    “Quando fui para a Setrab assumi um compromisso perante o povo. E nesses três meses de atuação, conseguimos encaminhar muitas pessoas necessitadas ao mercado de trabalho. Esse é meu compromisso, de ajudar o povo necessitado. Não pretendendo abandonar o cargo que me foi confiado com tanto carinho pelo governador Amazonino Mendes”, destacou o secretário.

    Edição: Isac Sharlon

    Leia também:

    Temer reune-se com ministros para discutir veto de indulto de Natal

    Ronaldo Nogueira pede demissão do Ministério do Trabalho

    Caciques do Senado na mira da Lava-Jato terão reeleição difícil