Fonte: OpenWeather

    DESISTÊNCIA


    Joaquim Barbosa diz no Twitter que não será candidato à Presidência

    Em sua conta no Twitter, que não pretende disputar a Presidência da República. A decisão, segundo ele, é "estritamente pessoal".

    Ex-ministro se filiou ao PSB no final de abril.
    Ex-ministro se filiou ao PSB no final de abril. | Foto: Reprodução Twitter


    São Paulo - O ex-ministro do Supremo Tribunal Federa (STF) Joaquim Barbosa, cogitado há alguns meses como um dos nomes fortes para a disputa do Palácio do Planalto, nas eleições de outubro deste ano, confirmou na manhã desta terça-feira (8), em sua conta no Twitter, que não pretende disputar a Presidência da República. A decisão, segundo ele, é "estritamente pessoal".

    "Está decidido. Após várias semanas de muita reflexão, finalmente cheguei a uma conclusão. Não pretendo ser candidato a Presidente da República. Decisão estritamente pessoal", escreveu o ex-ministro, que havia se filiado ao PSB no final de abril. 

    Na mais recente pesquisa Datafolha, publicada no mês passado, Barbosa aparecia bem posicionado, em torno dos 10% das intenções de voto, superando políticos tradicionais como o tucano Geraldo Alckmin, que ficou entre 7% e 8%.

    Leia mais:

    OAB do amazonas pede agilidade nas investigações sobre morte de advogado

    Michel Temer libera mais de R$ 4 bilhões para estados e municípios

    Sistema de indicação no STF deveria mudar defende Temer