Fonte: OpenWeather

    Réu


    Geraldo Alckmin se torna réu por corrupção e lavagem de dinheiro

    Justiça Eleitoral aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público na chamada Lava Jato Eleitoral

    Alckmin é acusado de receber R$ 11 milhões da construtora Odebrecht
    Alckmin é acusado de receber R$ 11 milhões da construtora Odebrecht | Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

    O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, virou réu por caixa dois, corrupção e lavagem de dinheiro. A denúncia havia sido feita pelo Ministério Público na operação chamada de Lava Jato Eleitoral, e foi aceita pela Justiça Eleitoral.

    Alckmin é acusado de receber R$ 11 milhões da construtora Odebrecht durante as campanhas eleitorais de 2010 e 2014, em que o político se candidatou para o Governo do Estado de São Paulo.

    A defesa do ex-governador afirmou que as conclusões são "precipitadas", "infundadas" e que ele não praticou nenhum ato de corrupção.