Fonte: OpenWeather

    Eleições 2018


    Em visita a Manaus, Marina recebe apoio oficial de Arthur Neto

    Durante visita a Manaus, a candidata da Rede à presidência da República, Marina Silva recebeu apoio oficial por parte do prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB)

    Confira reportagem | Autor: TV Em Tempo

    Manaus -A presidenciável Marina Silva (Rede) disse que, caso for eleita, unirá o Brasil com credibilidade e que lutará para combater a cultura do ódio que, segundo ela, se espalhou pelo país nos últimos meses. A afirmação ocorreu, durante visita à Manaus, nesta sexta-feira (28). Na passagem pela capital amazonense, a candidata recebeu o apoio oficial do prefeito Arthur Neto (PSDB), e revelou que também tem apoio do ex-senador Pedro Simon (MDB- RS), que lutou bravamente contra a ditadura militar.

    Marina Silva (REDE) candidata à presidência da República e seu vice Eduardo Jorge (PV), recebem apoio oficial do prefeito Arthur Neto (PSDB) durante visita na Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) em Manaus.
    Marina Silva (REDE) candidata à presidência da República e seu vice Eduardo Jorge (PV), recebem apoio oficial do prefeito Arthur Neto (PSDB) durante visita na Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) em Manaus. | Foto: Marcio Melo

    “Viemos tratar de questões muito importantes do plano vida digna. Plano que diz respeito à saúde pública, que diz respeito a geração de emprego e renda, principalmente para a Amazônia. Aqui, nós temos um centro de pesquisa, de tecnologia e de inovação que é fundamental para o Sistema Único de Saúde e viemos aqui assumir uma agenda de desenvolver cada vez mais a pesquisa para a melhoria da saúde das pessoas. Agora, vendo a importância da Zona Franca, que tem 50 anos de prazo, podemos internalizar cada vez mais a Zona Franca para a realidade da Amazônia, no caso, o Estado do Amazonas”, disse Marina.

    Marina Silva (REDE) candidata à presidência da República e seu vice Eduardo Jorge (PV), recebem apoio oficial do prefeito Arthur Neto (PSDB) durante visita na Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) em Manaus. Foto: Marcio Melo
    Marina Silva (REDE) candidata à presidência da República e seu vice Eduardo Jorge (PV), recebem apoio oficial do prefeito Arthur Neto (PSDB) durante visita na Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) em Manaus. Foto: Marcio Melo | Foto: Marcio Melo

    Marina ressaltou que não acredita nos resultados das pesquisas eleitorais e que as considera uma espécie de “plebiscito” para manipular o eleitor. “Nós ainda estamos há dez dias das eleições, e espero em Deus e no povo brasileiro que todos terão uma grande surpresa porque a pesquisa não defende o voto do cidadão. Existem aqueles que querem transformar a eleição em um plebiscito em que a pesquisa decide o seu voto soberano. Quem decide o seu voto é você”, defendeu.

    Marina Silva (REDE) candidata à presidência da República e seu vice Eduardo Jorge (PV), recebem apoio oficial do prefeito Arthur Neto (PSDB) durante visita na Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) em Manaus. Foto: Marcio Melo
    Marina Silva (REDE) candidata à presidência da República e seu vice Eduardo Jorge (PV), recebem apoio oficial do prefeito Arthur Neto (PSDB) durante visita na Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) em Manaus. Foto: Marcio Melo | Foto: Marcio Melo

    BR-319

    A Ex-Ministra do Meio Ambiente (2003-2008) afirmou que é preciso um projeto que comprove a viabilização da BR-319 para que a obra saia do papel. “A BR-319 é um projeto que o povo do Amazonas e de Rondônia deseja muito. Tenho dito que um projeto para ser feito, precisa se comprovar a sua viabilidade do ponto de vista econômico, social e ambiental. Estou fora do Ministério do Meio Ambiente há mais de dez anos. Já tivemos aqui (Amazonas) Ministros dos Transportes e de Minas e Energia e não fizeram durante esses 11 anos a BR-319. A resposta é que ainda não resolveram o problema da viabilidade econômica, social e ambiental”, reafirmou.

    A candidata destacou a necessidade de um polo de produção de remédios no Amazonas. "Identificamos a possibilidade de fazer daqui um polo de produção de remédios genéricos. No centro-oeste, em Goiás, já tem um polo de produção de remédios. Queremos que isso aconteça também na Zona Franca. Vamos estimular cada vez mais a pesquisa para criação de novos medicamentos a partir da nossa biodiversidade, de novos produtos, novos materiais para criar um novo ciclo de prosperidade”, propôs.

    Arthur critica Alckmin

    Marina Silva (REDE) candidata à presidência da República e seu vice Eduardo Jorge (PV), recebem apoio oficial do prefeito Arthur Neto (PSDB) durante visita na Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) em Manaus. Foto: Marcio Melo
    Marina Silva (REDE) candidata à presidência da República e seu vice Eduardo Jorge (PV), recebem apoio oficial do prefeito Arthur Neto (PSDB) durante visita na Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) em Manaus. Foto: Marcio Melo | Foto: Marcio Melo

    Ao anunciar apoio à Marina Silva para presidência da república, Arthur Neto fez críticas à candidatura do presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin, e disse que tem “pedigree” para dizer e fazer o que quer. 

    “Por tudo que fiz pelo partido, eu considero um absurdo alguém pensar em me expulsar. Acho que tenho um certo pedigree que me permite dizer e fazer o que eu quero. O que eu quero sinceramente é esquecer esses problemas mesquinhos do PSDB. Esquecer essa candidatura que não tem a ver com a perspectiva da vitória e nem de unir o país. Porque está desunindo. Então, fui com o coração muito livre. Estamos fazendo um manifesto de 30 ou mais pessoas, coordenado pelo ex-senador do Rio Grande do Sul Pedro Simon (MDB) que vão declarar apoio à Marina”, afirmou.

    Leia  mais:

    Comitê denuncia secretários do AM por abuso de poder em campanha

    Arthur oficializa apoio à candidatura de Marina Silva nesta sexta

    Comitê denuncia secretários do Amazonas por abuso de poder em campanha