Programa Renda Cidadã


“Querem retirar dinheiro dos professores ”, diz José Ricardo

Para o deputado, a criação do novo programa federal prejudicará os professores por usar recursos do Fundeb para financiamento

A preocupação de Ricardo é o fim da reserva de recurso
A preocupação de Ricardo é o fim da reserva de recurso | Foto: Divulgação

 

Manaus - Após anúncio do Governo Federal em acabar com o Programa Bolsa Família, sendo substituído pelo Programa Renda Cidadã e o fim do Auxílio Emergencial, o candidato a prefeito de Manaus, deputado federal Zé Ricardo (PT), o “Homem da Kombi”, se manifestou na terça-feira (29) contrário a substituição do programa, que será financiado com recursos dos precatórios, das dívidas do Governo, e dos valores do Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica). 

“Esse Governo quer ‘matar’ o Bolsa Família. Essa é mais uma armadilha do ministro Paulo Guedes, que se baseia nos recursos dos precatórios do Fundef e 5% do Fundeb. Dinheiro esse que foi retirado do salário dos professores no período de 1998 e 2006. São cerca de R$ 90 bilhões e que não querem devolver”, declarou Zé Ricardo, destacando que a grande preocupação é quando acabar essa reserva de recursos. “O programa vai acabar também? Essa é a armadilha. Fico do lado dos professores e da educação e não aceitarei que se dê calote nos professores e que acabem com o Bolsa Família”.

Ele também apoia os professores e seus sindicatos, na luta para preservar a vida de estudantes, de professores e de demais trabalhadores das escolas públicas, diante da pandemia. São quase 2 mil trabalhadores da educação contaminados por Covid-19, após a retomada das aulas presenciais no ensino médio. “O Governo do Estado editou decreto proibindo balneários, praias, bares, casas de show de funcionar por um período de 30 dias, mas manteve as aulas presenciais. E, inclusive, insiste no retorno às aulas presenciais do ensino fundamental. Vou insistir em minha cobrança ao Ministério Público. Devemos proteger a vida; o ano letivo, podemos recuperar”.

Propostas para a educação

Como propostas para Manaus na área da educação, Zé Ricardo disse em entrevistas no dia de hoje que irá fazer a revisão do Plano de Carreira dos Professores, além da construção de novas escolas, em substituição a prédios alugados, e da promoção de melhoria na estrutura física e nos equipamentos das escolas e creches. Também propõe o calendário escolar voltado à realidade local, com o objetivo de diminuir a evasão escolar; implantação de cursos de empreendedorismo e cursos técnicos profissionalizantes nas escolas, incentivo à geração de emprego e renda e a implantação de programa de informática nas escolas.

*Com informação da assessoria 

Leia Mais:

Coronel Menezes propõe criação de escolas municipais cívico-militares

David Almeida diz que vai recriar Secretaria de Esporte e Juventude