Fonte: OpenWeather

    Política


    Site britânico destaca fala homofóbica de Levy Fidelix em debate

    O site do jornal britânico "The Guardian" destacou o debate entre os candidatos ao Palácio do Planalto, ocorrido na noite de domingo (28), como uma noite ruim para a democracia e a tolerância.

    A reportagem diz que o encontro entre os candidatos foi marcado pelo discurso homofóbico do candidato Levy Fidelix (PRTB).

    Fidelix associou a homossexualidade com pedofilia e afirmou que gays precisam de atendimento psicológico "bem longe daqui".

    Ele ainda afirmou que a população do Brasil seria reduzida pela metade se a homossexualidade for encorajada porque "o sistema excretor" não funciona como um meio de reprodução.

    O site também criticou o formato do debate, o corte do microfone dos candidatos no meio de suas falas e o horário - quando boa parte dos brasileiros já está dormindo.

    Segundo o veículo de comunicação, o debate foi uma mistura de declarações brandas e ataques pessoais entre os candidatos ao invés de fornecer detalhes sobre os programas de governo.

    A reportagem ainda citou as falas dos candidatos com menor índice de preferência nas pesquisas eleitorais.

    Luciana Genro (PSOL), segundo o site, usou seu tempo do debate para apontar os problemas das propostas dos outros candidatos e para tratar da homofobia. Já Eduardo Jorge (PV) foi citado por sua defesa à liberalização das drogas.

    Por Folhapress