Fonte: OpenWeather

    Política


    Ministro do STF libera Roberto Jefferson para regime aberto

    O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso concedeu pedido do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), condenado no mensalão, para passar do regime semiaberto para o aberto.

    A decisão foi divulgada nesta sexta-feira (15) e ocorreu após aval do Ministério Público para o pedido. Jefferson havia sido preso em fevereiro do ano passado e cumpre pena no Rio.

    Jefferson foi condenado no processo do mensalão a sete anos de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Sua defesa sustentou que ele atingiu o cumprimento de 1/6 da pena, necessário em lei para a progressão do regime.

    Para esse cálculo, considerou que ele está trabalhando externamente desde outubro de 2014.

    "A documentação que instrui o pedido comprova o cumprimento do lapso temporal, o bom comportamento carcerário e o pagamento da pena de multa", disse o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao dar parecer favorável ao pedido.

    Com a mudança para o regime aberto, ele pode passar as noites em casa, em vez de passar em um estabelecimento prisional, mas tem algumas restrições, como não poder ir a bares.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Lava Jato investiga uso de subsidiárias da Petrobras para favorecer Odebrecht

    2. Temer exonera oito ministros

    3. Líder do governo na Aleam confirma mais três apoiadores na base

    4. Sob pressão, Aécio indica que deixará presidência do PSDB

    5. Amazonino Mendes empossa novos gestores