Fonte: OpenWeather

    Política


    Prefeitos vão à Brasília discutir pacto federativo e desenvolvimento regional

    Prefeitos pretendem tratar de assuntos prioritários para os municípios e que estão em trâmite no Congresso Nacional - foto: Agência Senado
    Prefeitos pretendem tratar de assuntos prioritários para os municípios e que estão em trâmite no Congresso Nacional - foto: Agência Senado

    Integrantes da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) participarão, na próxima quarta-feira (17), a pedido dos presidentes da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e do Senado Federal, Renan Calheiros, de um encontro para debater o pacto federativo e o desenvolvimento regional.

    Já estão confirmados, até o momento, 30 prefeitos, sendo 12 de capitais. Na audiência, os prefeitos pretendem tratar de assuntos prioritários para os municípios e que estão em trâmite no Congresso Nacional.

    Além do pacto federativo, os prefeitos também buscam apoio para aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 172/12, que determina que a União não transfira nenhum encargo ou prestação de serviços aos estados e aos municípios sem a previsão de repasses financeiros necessários ao seu custeio.

    As demandas municipais são visíveis segundo dados do anuário Multi Cidades - Finanças dos Municípios do Brasil, Ano 10, uma publicação da FNP, que demonstra que entre os anos de 2000 e 2013 os municípios aumentaram a sua fatia na receita disponível de 17,93% para 18,41%.

    Entretanto, as despesas dos municípios passaram de 7,91% para 13,72% do total das despesas dos entes federados. Ou seja, enquanto a receita do conjunto dos municípios cresceu meio ponto percentual, as despesas municipais aumentaram 5,8 pontos, comprovando esse crescente desequilíbrio.

    Por Agência Câmara

    Mais lidas

    1. Temer exonera oito ministros

    2. Líder do governo na Aleam confirma mais três apoiadores na base

    3. Sob pressão, Aécio indica que deixará presidência do PSDB

    4. Amazonino Mendes empossa novos gestores

    5. Propostas de David Almeida serão retiradas de pauta da Aleam