Fonte: OpenWeather

    Política


    Definida lista tríplice do quadro dos novos membros do TRE-AM

    Os nomes serão encaminhados para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para avaliação. foto: Henderson Martins
    Os nomes serão encaminhados para para a presidenta da republica Dilma Rousseff (PT), que fará a escolha do novo membro. foto: Henderson Martins

    Foram escolhidos na manhã desta terça-feira (16), os três nomes que vão concorrer ao cargo de novo membro titular para o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TER-AM), na classe dos advogados.

    Com nove votos, o advogado Francisco Charles Cunha Garcia Júnior é o primeiro colocado na lista tríplice, composta inda por Felipe dos Anjos Thuri, com oito votos, e do atual membro da corte - que concorre à reeleição - advogado Affimar Cabo Verde Filho, que obteve sete votos.

    Os nomes serão encaminhados para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para avaliação e, em seguida, serão dirigidos para a presidenta da republica Dilma Rousseff (PT), que fará a escolha do novo membro.

    De acordo a presidente do Tribunal Superior Eleitoral, desembargadora Socorro Guedes, as escolhas foram feitas de forma bastante democrática, com um grande número de participantes. “Para nós, da Justiça Eleitoral, é sempre uma alegria percebemos que o que os advogados estão participando mais ativamente”, comentou Socorro.

    Dez advogados participaram da eleição. Todos os candidatos ao cargo receberam votos, o que confirma a democracia da eleição, segundo a desembargadora.

    Um dos nomes que compõe a lista tríplice é do atual membro do TER-AM, Affimar Cabo Verde Filho, que disputa a reeleição.

    Conforme Affimar, o resultado da eleição não foi surpresa. “Todos os candidatos são extremamente competentes e o que me deixa satisfeito é poder ver o trabalho reconhecido; a confiança depositada pelos membros do tribunal de Justiça, para que haja essa possibilidade de eu poder retornar à corte eleitoral”, comentou Cabo Verde.

    Por Henderson Martins (especial EM TEMPO Online)

    Mais lidas

    1. Plenário pode votar criação de polícia penal e regulamentação do Uber

    2. Amazonino estabelece medidas para ‘arrumar a casa’

    3. Cidadão pode contribuir com leis em portal

    4. Um dos mais importantes juristas brasileiros, Ives Gandra analisa crise no país

    5. Democracia ameaçada pelo avanço do discurso militar