Fonte: OpenWeather

    Política


    TJAM e Seplan-CTI fazem reunião sobre projeto do Plano Plurianual do governo

    Manaus, 03/07/2015. Reunião da presidente do TJAM e seus diretores e juízes auxiliares com o secretário Tomaz Nogueira, da Secretaria de Estado de Planejamento - foto: Raphael Alves/TJAM
    Manaus, 03/07/2015. Reunião da presidente do TJAM e seus diretores e juízes auxiliares com o secretário Tomaz Nogueira, da Secretaria de Estado de Planejamento - foto: Raphael Alves/TJAM

    A presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, Desembargadora Graça Figueiredo, recebeu, na manhã desta sexta-feira (3), o secretário Thomaz Nogueira, de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplan-CTI). O encontro, que teve a presença de diretores do TJAM, aconteceu na sala de reuniões da presidência, no último andar do Edifício Arnoldo Péres, sede do Tribunal, em Manaus. Thomaz Nogueira falou sobre a atual situação econômica do Estado e apresentou o projeto do Plano Plurianual (PPA) do governo para o quatriênio 2016-2019.

    "Agradeço a valiosa colaboração do secretário. Precisamos distribuir justiça, mas com responsabilidade e espírito público. É o momento fazer economia. Só podemos direcionar recursos para o que for prioridade", afirmou a Desembargadora-Presidente. "No Judiciário, temos dois fundos: um é o do reaparelhamento, que só pode ser usado em construções, restauração e recuperação de prédios. Nunca posso utilizar estes valores para pagamentos de salários. Muitos indagam como o Tribunal não tem dinheiro e está construindo um fórum. Mas isso não tem nada a ver porque os salários são pagos com o repasse do duodécimo e não com o fundo do reaparelhamento, que é oriundo de verba de custos judiciais e depósitos", explicou Graça Figueiredo.

    Thomaz Nogueira afirmou que é necessária a percepção de que a crise econômica é momentânea, conjuntural, mas que não pode ser ignorada. "Nós vamos superar a crise e voltar a crescer, mas para isso acontecer, temos que fazer a tarefa de casa. Não podemos desperdiçar recursos, não podemos deixar de adotar as medidas de controle que são necessárias. Este é o primeiro ponto. Mas o mais importante é que estamos dando o primeiro passo no sentido de plantar as nossas raízes do futuro. Hoje nos reunimos com a presidência do TJAM e a equipe no sentido de olhar para frente. É um trabalho positivo e de toda a cidadania", analisou o secretário.

    PPA

    O Plano Plurianual está em fase de consulta à população. As contribuições e propostas populares podem ser feitas, entre outras maneiras, através da internet no site www.ppa.am.gov.br. As consultas populares são compostas, ainda, por oficinas temáticas em todo o Estado, e reuniões realizadas pelo Governo. As discussões ocorrerão até o mês de setembro, quando o projeto será encaminhado para votação na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM).

    Estabelecido pela Constituição Federal de 1988, o PPA é um instrumento fundamental de planejamento da administração pública que define diretrizes e metas para os governantes por um período de quatro anos.

    Com informações da assessoria de comunicação

    Mais lidas

    1. Lava Jato investiga uso de subsidiárias da Petrobras para favorecer Odebrecht

    2. Temer exonera oito ministros

    3. Líder do governo na Aleam confirma mais três apoiadores na base

    4. Sob pressão, Aécio indica que deixará presidência do PSDB

    5. Amazonino Mendes empossa novos gestores