Fonte: OpenWeather

    Política


    Padilha diz que Temer deve atuar na macropolítica

    O ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, disse que a saída do vice-presidente Michel Temer do dia a dia da negociação com o Congresso foi um acerto, e Temer deve se ocupar da macropolítica.

    “Penso que é um acerto da parte dele [Temer] se retirar dessa questão, que é uma articulação em que se tem muitas áreas de atrito”, disse ele. “Pelo seu curriculum, sua história de vida, pela sua formação. Enfim, ele é a pessoa ideal para esse trabalho de alto nível e vai fazer com grande sucesso”, disse Padilha.

    O ministro disse que seguirá na articulação política até o final de setembro, quando deve ocorrer a reforma administrativa. “Como detenho todos os dados, por lealdade ao governo e, especialmente à presidenta [Dilma Rousseff] e ao vice-presidente Michel Temer, tenho que concluir a tarefa”, relatou.

    O ministro participou no final da manhã desta terça-feira (25) de reunião com o vice-presidente e líderes de partidos da base aliada na Câmara dos Deputados. O líder do governo, deputado José Guimarães (PT-CE), disse que foi discutida a pauta da semana na Câmara, a crise mundial, e também a necessidade de evitar que sejam votadas matérias que provoquem desequilíbrio nas contas públicas.

    “É trabalhar matérias positivas para o Brasil, não enveredar para o caminho daquelas PECs [propostas de emendas à Constituição] ou matérias que impactam fortemente o orçamento da União, estados e municípios”, explicou Guimarães.

    Por Agênciabrasil