Fonte: OpenWeather

    Política


    STF abre inquérito para investigar deputado Júlio Delgado

    O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), abriu inquérito para investigar o deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG).

    O ministro atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) após o nome do parlamentar ter sido citado pelo empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC, em depoimento na Operação Lava Jato.

    Aos procuradores, o empresário disse que fez doações para as campanhas de 18 políticos, entre eles, Delgado, que teria recebido R$ 150 mil. O pedido de investigação chegou ao Supremo no dia 3 de setembro e já foi encaminhado para a Polícia Federal.

    Júlio Delgado disse à reportagem da Agência Brasil que não foi notificado sobre a decisão do ministro, e que está tranquilo. O deputado garantiu que não recebeu qualquer quantia da UTC Engenharia.

    Delgado lembrou que, durante o depoimento do empresário na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, na terça-feira (15), indagou Ricardo Pessoa sobre o pagamento. Segundo ele, o dono da UTC não respondeu, mas teria feito um movimento com cabeça que deu a entender que não houve repasse. Na ocasião, Júlio Delgado anunciou o seu desligamento da CPI.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Lava Jato investiga uso de subsidiárias da Petrobras para favorecer Odebrecht

    2. Temer exonera oito ministros

    3. Líder do governo na Aleam confirma mais três apoiadores na base

    4. Sob pressão, Aécio indica que deixará presidência do PSDB

    5. Amazonino Mendes empossa novos gestores