Fonte: OpenWeather

    Política


    Netinho de Paula tem mandato de vereador cassado

    A Justiça Eleitoral cassou, nesta terça-feira (17), o mandato de Netinho de Paula (PDT-SP), vereador de São Paulo, por infidelidade partidária.

    A decisão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo foi unânime. Cabe recurso ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

    A saída de Netinho do PC do B, sigla a que foi filiado por sete anos, ocorreu em abril deste ano. Logo em seguida, ele assumiu a direção do PDT na capital paulista.

    A defesa do vereador alegava que Netinho sofreu discriminação política e foi boicotado pelo PC do B, argumento que não foi aceito pela corte eleitoral.

    "Restou comprovada a posição de destaque de Netinho na agremiação, com participação em todas as propagandas partidárias (...). O PC do B arcou, inclusive, com mais de 50% das suas despesas de campanha", argumentou o relator do caso, juiz André Lemos Jorge.

    Os juízes determinaram que o suplente de Netinho deverá ser empossado dez dias após a publicação no Diário da Justiça. O ex-vocalista do Negritude Júnior ocupa o cargo na Câmara de São Paulo desde 2009.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Lava Jato investiga uso de subsidiárias da Petrobras para favorecer Odebrecht

    2. Temer exonera oito ministros

    3. Líder do governo na Aleam confirma mais três apoiadores na base

    4. Sob pressão, Aécio indica que deixará presidência do PSDB

    5. Amazonino Mendes empossa novos gestores