Fonte: OpenWeather

    Política


    Movimento Brasil Livre faz campanha contra Marina Silva

    A ex-senadora defendeu que, em caso de cassação da chapa pelo TSE, sejam comprometidos tanto a presidente quanto o vice, Michel Temer - foto: divulgação
    A ex-senadora defendeu que, em caso de cassação da chapa pelo TSE, sejam comprometidos tanto a presidente quanto o vice, Michel Temer - foto: divulgação

    O MBL (Movimento Brasil Livre) criticou, em seu perfil no Facebook, a candidata derrotada em 2014 e presidente do partido Rede, Marina Silva.

    "A gente não fez tudo isso para você ir lá e votar na Marina em 2018", diz o texto do post, com uma imagem de manifestantes vestidos de verde e amarelo. "Marina, gente? Sério?". Entre os internautas, o comentário mais curtido até o momento é favorável ao deputado federal Jair Bolsonaro."Nada de Marina. É Bolsonaro pra 2018!", diz.

    Na madrugada de terça-feira (29), foi ao ar no "Programa do Jô" entrevista com Marina. A ex-senadora defendeu que, em caso de cassação da chapa pelo TSE, sejam comprometidos tanto a presidente quanto o vice, Michel Temer. E propôs como solução para a crise política e econômica a convocação de novas eleições, pois ambos estavam implicados na mesma campanha.

    Também nesta semana, o colunista da Folha de S.Paulo e coordenador do MBL, Kim Kataguiri, criticou a Marina em sua coluna.

    Por Folhapress