Fonte: OpenWeather

    Política


    Frente pró-Dilma anuncia apoio a plebiscito por novas eleições

    A frente Povo Sem Medo, contrária ao governo interino de Michel Temer (PMDB), afirmou em nota nesta segunda-feira (4) que passa a defender um plebiscito para decidir por eleições antecipadas.

    Segundo texto divulgado pelo grupo, que têm, junto com a Frente Brasil Popular, chamado atos em defesa da presidente afastada Dilma Rousseff, como o governo Temer teria "uma pauta de duros retrocessos, o povo deve ser chamado a decidir".

    Eles afirmam ainda que o governo interino, que chamam de "biônico", é o "mais perigoso aos trabalhadores brasileiros em nossa história recente".

    "Neste sentido, a proposta de um plebiscito sobre a antecipação ou não das eleições, defendido mais de uma vez pela própria presidenta Dilma, pode ser uma bandeira aglutinadora para somar mais forças na luta contra o golpismo."

    A organização, que inclui a CUT (Central Única dos Trabalhadores), o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e a UNE (União Nacional dos Estudantes), entre outros movimentos, defende ainda uma reforma política e a "defesa intransigente" de direitos sociais.

    "A agenda Temer envolve o projeto das terceirizações, Reforma da Previdência, privatizações, desmonte dos serviços públicos, redução drástica dos programas sociais e entrega do pré-sal às petroleiras internacionais, dentre outras perversidades. Tudo isso com o objetivo de privilegiar os de cima, despejando a crise sobre os ombros dos de baixo", diz, em texto.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Plenário pode votar criação de polícia penal e regulamentação do Uber

    2. Amazonino estabelece medidas para ‘arrumar a casa’

    3. Cidadão pode contribuir com leis em portal

    4. Um dos mais importantes juristas brasileiros, Ives Gandra analisa crise no país

    5. Democracia ameaçada pelo avanço do discurso militar