Fonte: OpenWeather

    Política


    Justiça condena Cid Gomes a indenizar Temer em R$ 40 mil por danos morais

    Gomes alegou que não houve ofensa pessoal a Temer - foto: reprodução
    Gomes alegou que não houve ofensa pessoal a Temer - foto: reprodução

    O Tribunal de Justiça do Distrito Federal decidiu hoje (13) condenar o ex-governador do Ceará Cid Gomes ao pagamento de R$ 40 mil por danos morais causados ao presidente interino Michel Temer. Por unanimidade, a Quarta Turma Cível aceitou apelação da defesa de Temer e reverteu decisão da primeira instância, que havia rejeitado a indenização. Cabe recurso contra a decisão.

    No ano passado, os advogados do presidente interino entraram com ação contra Gomes após o ex-governador afirmar, durante uma convenção do PDT em Fortaleza, que Temer era “chefe da quadrilha de achacadores que assola o Brasil". O evento foi realizado no dia 17 de outubro de 2015.

    No processo, a defesa de Gomes alegou que não houve ofensa pessoal a Temer e que as declarações foram proferidas durante evento partidário, cuja " manifestação de opiniões se dá de forma enérgica e ácida”.

    Por Agência Brasil

    Mais lidas

    1. Lava Jato investiga uso de subsidiárias da Petrobras para favorecer Odebrecht

    2. Temer exonera oito ministros

    3. Líder do governo na Aleam confirma mais três apoiadores na base

    4. Sob pressão, Aécio indica que deixará presidência do PSDB

    5. Amazonino Mendes empossa novos gestores