Fonte: OpenWeather

    Política


    Blitz do TRE para coibir propagandas irregulares chega ás feiras de Manaus

    Os locais fiscalizados foram as feiras da Banana, Manaus Moderna e o Mercado Municipal Adolpho Lisboa - Diego Janatã
    Os locais fiscalizados foram as feiras da Banana, Manaus Moderna e o Mercado Municipal Adolpho Lisboa - Diego Janatã

    A Comissão de Fiscalização de Propaganda Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) realizou na manhã deste sábado (27), nas feiras do centro de Manaus, a sua terceira blitz preventiva para orientar as administrações sobre a proibição da realização de propaganda dos candidatos a prefeito e vereadores em estabelecimentos públicos a que a coletividade tem acesso.

    Os locais fiscalizados foram as feiras da Banana, Manaus Moderna e o Mercado Municipal Adolpho Lisboa. De acordo com a juíza da comissão, Lídia Frota, o trabalho da equipe fiscalizadora é preventivo, no sentido de proibir a veiculação de propaganda eleitoral irregular nesses locais.

    “É proibido realizar em bens públicos, permissionários, concessionários e bens particulares em que a coletividade tem acesso à propaganda. Se encontrarmos nesses locais, serão considerados irregulares e iremos fixar o adesivo de propaganda irregular e o administrador terá prazo de 48 horas para se regularizar. Caso contrário, receberá multa nos valores de R$ 2 mil a R$ 8 mil”.

    A juíza da comissão destacou ainda que os administradores foram orientados a denunciar, caso haja alguma irregularidade, por meio dos números do TRE disponibilizados pelo aplicativo. Lídia Frota ressaltou ainda que a partir do início da semana, a comissão realizará blitze diariamente. “Esse trabalho evita futuras representações contra candidatos que venham fazer sua propaganda nas feiras, o que é vedado pela Legislação Eleitoral”.

    Orientação

    O assessor da Subsecretaria de Mercados e Feiras de Manaus, Ivo Almeida, ressalta que diariamente o órgão procura deixar os feirantes cientes sobre as regras eleitorais, mas que alguns erros acontecem durante a propaganda eleitoral. “Sempre há uma situação de algum candidato tentar colocar adesivo nos boxes, mas, a gente conversa para que se evite, tendo em vista ser contra a lei”, destacou.

    A ação do TRE deste sábado contou com oito agentes da comissão, juntamente com os órgãos municipais como a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Polícia Militar e Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans).

    Por Diogo Dias

    Jornal EM TEMPO

    Mais lidas

    1. Temer exonera oito ministros

    2. Líder do governo na Aleam confirma mais três apoiadores na base

    3. Sob pressão, Aécio indica que deixará presidência do PSDB

    4. Amazonino Mendes empossa novos gestores

    5. Propostas de David Almeida serão retiradas de pauta da Aleam