Fonte: OpenWeather

    Política


    Sem convocação, concursados da Susam voltam a protestar com bloqueio de rua

    Um grupo que está na lista de espera bloqueou novamente a avenida André Araújo – foto: Diego Janatã
    Um grupo que está na lista de espera bloqueou novamente a avenida André Araújo – foto: Diego Janatã

    Revoltados com o silêncio da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) sobre a segunda convocação dos aprovados no concurso do órgão, que estava prevista para acontecer na última sexta-feira (26), um grupo que está na lista de espera bloqueou novamente a avenida André Araújo, Zona Sul, no trecho que fica em frente à sede da entidade, na manhã desta segunda-feira (29), como forma de protesto.
    De acordo com uma das coordenadoras do movimento, Bia Pause, a Susam divulgou oficialmente, e confirmou para a semana passada, a convocação de pelos menos 1,8 mil aprovados, do universo de 11 mil que ainda aguardam o chamado. Porém, até o final da manhã, nada tinha sido publicado no Diário Oficial.

    Ela destacou que o grupo, acampado há seis dias na frente da sede da Susam, tentou vários contatos com os representantes legais do órgão, inclusive com o secretário Pedro Elias, para uma posição sobre a segunda convocação, mas que não obteve sucesso em nenhuma das tentativas.

    “Ninguém dá uma satisfação. Não sabemos o que está acontecendo. O secretário não demonstra nenhum interesse em conversar conosco, tão pouco boa vontade de expor a verdadeira situação sobre o chamado dos aprovados. Nós vamos continuar aqui na frente até que seja dada uma satisfação”, afirmou.

    Bia Pause destacou que a situação está ficando crítica. “Estamos realmente muito cansados, e nada acontece, nenhum avanço. Posso sair daqui na maca e com soro, mas só sairei quando tivermos um documento comprovando que pelo menos a metade dos aprovados serão convocados. Estamos na luta e vamos tentar pelo menos uma reposta efetiva da Susam”, ressaltou.

    Na semana passada, os manifestantes fecharam a via como forma de protesto pelos dois anos da realização do concurso. Bia Pause frisou que após 24 meses da prova, o órgão não conseguiu efetivar no seu quadro de funcionários nem a metade dos aprovados.

    Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informou que a segunda chamada dos aprovados no concurso público realizado pelo órgão já está na Casa Civil para publicação do edital de convocação no Diário Oficial. A entidade ressaltou que a Casa Civil está analisando a documentação e o edital de convocação deverá ser publicado nesta semana.

    Por Gerson Freitas