Fonte: OpenWeather

    Política


    Dilma diz que pagou despesas de Temer na campanha de 2014

    O processo do TSE foi aberto após um pedido de cassação da chapa Dilma-Temer - Divulgação

    Os advogados da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) apresentaram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) documentos que apontam que despesas da candidatura de Michel Temer em 2014 foram bancadas pelo comitê central da campanha.

    Segundo a defesa, o material entregue ao relator do processo no tribunal, ministro Herman Benjamin, mostra que não havia contabilidade separada na corrida eleitoral.
    Com isso, Dilma rebate a tentativa do atual presidente de tentar alegar que a arrecadação de receitas se deu de forma individual.

    O processo do TSE foi aberto após um pedido de cassação da chapa Dilma-Temer. O autor da ação foi o PSDB, que acusava a campanha de ter cometido abuso de poder econômico e político na campanha.

    O procurador-geral Eleitoral, Nicolau Dino, em parecer no processo de cassação da chapa Dilma-Temer, posicionou-se pela indivisibilidade da chapa, citando a jurisprudência do TSE.

    Ele salientou ainda que eventual mudança de entendimento pela corte só surtiria efeitos para eleições futuras.

    Entre os documentos encaminhados ao tribunal pela defesa da petista estão o extrato de prestação de contas.

    O documento é assinado por Dilma, candidata a presidente, e por Temer, candidato a vice-presidente, além do administrador financeiro Edinho Silva, e do advogado e contador.

    FolhaPress

    Mais lidas

    1. Lava Jato investiga uso de subsidiárias da Petrobras para favorecer Odebrecht

    2. Temer exonera oito ministros

    3. Líder do governo na Aleam confirma mais três apoiadores na base

    4. Sob pressão, Aécio indica que deixará presidência do PSDB

    5. Amazonino Mendes empossa novos gestores